Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Assine a Revista Revista Digital Anuncie
Manejo

7 Dicas Práticas - Descarte de resíduos em unidades de produção de suínos

Por Amanda Rodrigues Moreira de Oliveira, Analista de Meio Ambiente da Agroceres PIC

Suinocultura Industrial
27-Nov-2020 12:05 - Atualizado em 27/11/2020 12:16

Promover uma rigorosa gestão dos resíduos gerados nas unidades de produção de suínos, sejam eles orgânicos e/ou inorgânicos, é essencial para garantir uma produção ética e sustentável, em total harmonia com o meio ambiente. Embora elementar, esse é um trabalho meticuloso e dinâmico, que envolve a adoção de diretrizes claras e, sobretudo, a execução de normas e procedimentos bem definidos. Confira, a seguir, sete recomendações técnicas para realizar a destinação correta e ambientalmente adequada dos resíduos produzidos diariamente nas granjas.



Identifique e Mapeie os Resíduos 

Identificar e conhecer os resíduos - inclusive, seus estados físicos e propriedades – é o ponto de partida para promover o bom manejo e a correta destinação dos rejeitos produzidos na unidade de produção. A partir dessas informações defina a forma mais adequada e efetiva para o seu acondicionamento, transporte, armazenamento temporário, tratamento e/ou destinação final. Tanto o mapeamento quanto a escolha da estratégia a ser adotada, devem ser realizados com o acompanhamento de um profissional especializado e sempre respeitar as especificações contidas nas embalagens dos produtos, quando for o caso.



Quantifique e Dimensione as Fontes e o Volume dos Resíduos

A quantificação e espacialização dos resíduos é uma etapa essencial do processo. Saber quanto e onde os rejeitos são produzidos na granja é uma informação primordial, não apenas para alinhar as estratégias de manejo que serão empregadas na unidade de produção, como uma excelente ferramenta de avaliação dos métodos que vêm sendo empregados na gestão dos rejeitos. A partir da quantificação e espacialização dos volumes de cada resíduo gerado é possível identificar a magnitude do impacto de cada um e identificar oportunidades de melhorias nos processos de geração, coleta e destinação.

AveSui2021_dentro



Separe os Resíduos Adequadamente

Segregue os resíduos no ato de sua geração. Muitos deles apresentam risco de contaminação e podem ser prejudiciais tanto à saúde humana e animal quanto ao meio ambiente, com potencial para poluir mananciais, solos e ar. A segregação imediata permite uma gestão mais cuidadosa e precisa do resíduo, além de evitar a contaminação de outros rejeitos comuns, que podem ser reaproveitados ou reciclados. Para um manejo mais apurado, instale coletores identificados em pontos estratégicos nos locais de geração dos resíduos.

 

Continue lendo gratuitamente na revista digital...

si2020, edição,
SI2020