Rainha da Paz
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Homenagem

A ciência avícola e suinícola perde o pesquisador Paulo Tabajara

Médico veterinário formado pela UFSM, o professor “Taba”, como era carinhosamente conhecido, faleceu no sábado (06/03), em Curitiba (PR)

Redação AI/SI
08-Mar-2021 11:14

personalidades, fotos atualizadas ,
Paulo Tabajara
O agronegócio brasileiro perdeu no último sábado (06/03) o médico veterinário Paulo Tabajara Chaves Costa, aos 81 anos. Como pesquisador, atuou fortemente para o desenvolvimento da produção de aves e suínos no País, sendo uma grande perda para todo o setor de proteína animal.

Carinhosamente chamado por seus alunos de “Professor Taba” por seus alunos na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), instituição onde se graduou em 1965, foi um dos pioneiros da nova avicultura industrial que se iniciava.

Foi responsável por dar início na década de 1960 às atividades avícolas da UFSM e foi professor do Departamento de Zootecnia no Setor de Avicultura até 1990, com sua aposentadoria. Com Mestrado pela Southern Illinois University – Carbondale (1972) e Doutorado pela University of Florida (1980), desempenhou um papel relevante na orientação e formação de profissionais que atuam nos segmentos de avicultura, suinocultura e nutrição animal.

É internacionalmente reconhecido por sua atuação profissional e acadêmica. Foi professor nos Cursos de Medicina Veterinária, Zootecnia e Agronomia, orientador do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia (UFSM) e foi Pró-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa da UFSM.

Foi conselheiro, consultor técnico e ocupou diversos cargos em entidades como a OEA (Organização dos Estados Americanos), FINEP, Embrapa, CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e outras.

Como docente, sempre estimulou seus alunos para atuar na área de produção animal, sendo responsável pela formação de inúmeros profissionais que atualmente ocupam cargos executivos nas principais empresas de produção e exportação de carnes, um dos pilares do agronegócio brasileiro.

Recebeu inúmeras homenagens como reconhecimento de sua contribuição, como a de Relevantes Serviços à Medicina Veterinária, CRMV, RS; Mérito Universitário, Universidade Federal de Santa Maria – UFSM; “Mérito Técnico-Científico” pela Fundação APINCO de Ciência e Tecnologia Avícolas (FACTA); e “Personalidade Destaque da Avicultura”, ano 2008 – EMBRAPA (da redação, com informações do Lavic/UFSM).

A Gessulli Agribusiness deixa aqui sua homenagem a este profissional dedicada e extremamente importante para o avanço da nossa atividade produtiva, assim como as condolências a todos os familiares e amigos.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade