Guia Gessulli
11-Mai-2020 09:13
Comentário

A importância da correta análise de dados na suinocultura

"O avanço tecnológico nos sistemas de produção, melhoramento genético e em nutrição contribuíram para melhorar a qualidade do produto, com a maior produção de carne e diminuição de gordura na carcaça; também houve a desmistificação do impacto à saúde do consumidor elevando o consumo."

A cadeia suinícola do Brasil começou a se destacar a partir da década de 90 com o aumento do consumo interno e a inserção e consolidação no mercado externo, tornando hoje o 4º maior exportador mundial de carne suína e o 4º maior produtor. O avanço tecnológico nos sistemas de produção, melhoramento genético e em nutrição contribuíram para melhorar a qualidade do produto, com a maior produção de carne e diminuição de gordura na carcaça; também houve a desmistificação do impacto à saúde do consumidor elevando o consumo.

Esse desenvolvimento tecnológico tem contribuído para a migração dos sistemas de criação onde produtores independentes tendem a migrar para o sistema de integração pressionado pelas dinâmicas de produção e comercialização do suíno. Com isso, empresas e cooperativas têm se destacado no cenário internacional fornecendo carne suína de qualidade e com competitividade para o mercado.

Essa dinâmica de mercado pressiona o suinocultor a profissionalizar seu sistema de criação e implementar sistemas de gestão de pessoas e de dados para que sua produção torne-se eficiente e competitiva.

Esse avanço tecnológico e modernização do agronegócio, como um todo, está levando a suinocultura a um processo de digitalização. Atualmente o suinocultor tem fácil acesso a softwares de gestão de dados zootécnicos e econômicos e consegue embasamento técnico para a tomada de decisões do dia a dia e para planejamento do seu negócio a longo prazo, resultando ainda mais assertividade nas decisões e economia para seu negócio.

Geralmente o suinocultor tem uma enorme quantidade de dados em mãos que, muitas vezes, não são interpretados de forma correta, gerando apenas trabalho, e esse trabalho gera um custo para ser realizado. Ou seja, uma informação sem uma posterior ação gerou apenas custo ao produtor, mesmo que a ação seja não mudar o que está sendo feito e dando certo, a mesma foi tomada com embasamento, com isso, o suinocultor terá maior assertividade na sua decisão.

Portanto, o que vai contribuir para o sucesso do suinocultor é a sua capacidade da gestão orientada por dados, ter a capacidade de transformar os dados em informações úteis e, de maneira rápida, pois a suinocultura moderna exige gestão e decisão.

Na suinocultura especializada, temos acessos a vários tipos de dados zootécnicos, tais como: taxa de parição, taxa mortalidade, número de leitões nascidos, número de retornos ao cio, ganho de peso diário, entre outros.  Ao realizar uma análise sobre esses índices e necessário observar separadamente e correlacionar esses dados, pois alguns dados quando são analisados de forma isolada pode haver uma deficiência na interpretação levando tomadas de decisões equivocadas.

Para auxiliar a análise de dados na suinocultura podemos utilizar métodos analíticos para que facilitem na tomada de decisões do seu negócio. O método descritivo que auxilia a observar o que está ocorrendo no atual momento da granja e seus impactos é um exemplo. Ao analisar o peso do leitão desmamado de acordo com o consumo médio da fêmea de ração durante a lactação em uma granja, podemos definir uma meta de consumo para as matrizes em lactação de 8,00 kg/ dia, conforme o exemplo abaixo:

,
a

Posteriormente à análise descritiva, outros modelos de análises podem ser utilizados, tais como, a análise preditiva que pode ajudar a prever dados futuros com base na análise de padrões históricos assim tornar possível o planejamento mais preciso do negócio e quando associada à análise prescritiva, que indica os caminhos a serem definidos, de forma que a ação tomada ocorra da maneira esperada para se alcançar a meta estabelecida.

E outro modelo que podemos implementar seria a análise diagnóstica que nos ajuda a compreender as causas dos eventos e responder as perguntas: “Quem?”, “Como?”, “Quando?”, “Por quê?”, analisando o impacto das ações tomadas e a partir disso, analisar estratégias para aprimorar as decisões tomadas.

O gestor de uma suinocultura profissional deve tomar suas decisões alinhadas com o cenário que se encontra o mercado e na maioria das vezes num curto espaço de tempo. Sendo assim, é de extrema importância que duas decisões e planejamentos estejam sustentados por dados analisados de maneira correta, sempre levando em consideração as variabilidades de cada negócio.

Redação SI

Frederico Guimarães de Almeida Graça

Médico Veterinário e Assessor Técnico da Vaccinar - Suínos

Deixe seu Recado