Rainha da Paz
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Dados do IBGE

Abate de suínos cresce e de frangos cai no 2º trimestre de 2020

Na comparação com o mesmo período do ano passado, o abate de frangos caiu 1,6%, enquanto o de suínos cresceu 5,9%

Redação SI
13-Ago-2020 11:14 - Atualizado em 14/08/2020 08:18

A produção pecuária do Brasil registrou queda no abate de bovinos e frangos no segundo trimestre de 2020, aponta levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apenas o abate de suínos cresceu, tanto na comparação com o primeiro trimestre de 2020 quanto no confronto contra o segundo trimestre de 2019.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, o abate de bovinos caiu 9,7% e o de frangos, 1,6%, enquanto o de suínos cresceu 5,9%. Já contra o trimestre passado, houve diminuição de 1,2% no abate dos bovinos e 7,2% no de frangos, ao passo que o abate de suínos também cresceu nesta comparação, 1,6%.

A pesquisa preliminar aponta que foram abatidas 12,07 milhões de cabeças de suínos. O peso acumulado das carcaças registrou 1,10 mi de toneladas, uma alta de 8,2% em relação ao segundo trimestre de 2019. Em comparação com o trimestre anterior, o aumento foi de 3,2%.

A pecuária brasileira também abateu, de acordo com o estudo, 1,40 bilhão de cabeças de frango no segundo trimestre de 2020. O peso acumulado das carcaças foi de 3,21 milhões de toneladas, o que representa -4,0% em relação ao segundo trimestre de 2019 e -7,7% frente ao primeiro trimestre de 2020.

Os dados são os primeiros resultados da Estatística da Produção Pecuária para o segundo trimestre de 2020, divulgada hoje (13) pelo IBGE. O resultado definitivo será apresentado no dia 10 de setembro.

Produção de ovos

A produção de ovos de galinha, segundo o IBGE, foi de 965,41 milhões de dúzias no 2º trimestre de 2020, aumento de 1,9% em relação ao mesmo trimestre de 2019 e estabilidade frente à produção do 1°trimestre de 2020.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade