AveSui2021
25-Jun-2020 10:41 - Atualizado em 25/06/2020 10:52
Tecnologia

ABDI abre consulta pública para projeto Agro 4.0

Consulta pública visa coletar informações e sugestões de critérios para seleção de projetos pilotos de adoção e difusão de tecnologias digitais na cadeia do agronegócio

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) em parceria com Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e Ministério da Economia (ME) abriu a Consulta Pública nº 01/2020 para o Projeto Agro 4.0.

A consulta pública visa coletar informações e sugestões de critérios para seleção de projetos pilotos de adoção e difusão de tecnologias digitais na cadeia do agronegócio, junto à produtores rurais/agroindústrias e entidades parceiras.

O Projeto Agro 4.0 tem como proposta a realização de projetos pilotos de adoção e difusão de tecnologias digitais na cadeia do agronegócio, junto à produtores rurais/agroindústrias e entidades parceiras. Assim, com o objetivo de aumentar a produtividade, pretende identificar modelos viáveis de implementação e difusão de tecnologias.

O Projeto vem sendo estruturado, nos últimos meses, pela  ABDI, em conjunto com o MAPA, MCTI e ME. A ABDI é vinculada, por meio de contrato de gestão, ao Ministério da Economia e realiza projetos de inovação com foco em aumento de produtividade e redução de custos para o setor produtivo brasileiro. Os projetos são desenvolvidos em parceria com diversos órgãos públicos, ecossistemas e iniciativa privada.

Para coletar informações e sugestões de critérios para seleção dos referidos projetos pilotos, de forma a dar amplo conhecimento do processo de construção do Projeto e levantar contribuições como subsídios para a formatação do edital, a ABDI está disponibilizando esta Consulta Pública, que tem início em 25/06/2020 até 08/07/2020.

As sugestões deverão ser encaminhadas por meio deste formulário. A identificação pessoal é opcional e os dados não serão divulgados individualmente. Os critérios, objeto desta Consulta Pública, podem ser acessados por meio do link: https://bit.ly/2Z2C17R 

Categorias

Os projetos pilotos de adoção de tecnologia 4.0 deverão ser submetidos por produtores rurais ou indústrias do setor agropecuário, juntamente com uma entidade parceira (podendo ser uma associação, cooperativa, universidade, parque tecnológico, entre outros), em quatro categorias:

Insumos
Controle do ambiente e tratamento térmico; Rastreamento e monitoramento remoto de equipamentos e materiais, com integração ao sistema de gestão; Manutenção preditiva e proativa, com insights baseados em dados.

Produção e Colheita
Uso eficiente dos recursos naturais e insumos, com ênfase em monitoramento meteorológico, plantas e de solos, a fim de promover o aumento de produtividade bem como redução de custos e integração a um sistema de gestão; Uso eficiente de maquinário com ênfase em gestão do desempenho de máquinas, com o objetivo de otimizar o emprego de equipamentos e integração a um sistema de gestão; Segurança sanitária e bem-estar do animal, com ênfase em monitoramento de saúde, comportamento, alimentação, peso e localização de animais, além de gestão de pragas, com o intuito de aumentar o volume de informações e sua precisão no monitoramento de ativos biológicos e integração a um sistema de gestão.

Processamento
Rastreamento e monitoramento remoto de equipamentos e materiais, com integração ao sistema de gestão; Manutenção preditiva e proativa, com insights baseados em dados; Monitoramento da qualidade (sistema de acompanhamento de indicadores, sistemas de classificação, análise de qualidade do produto).

Integração da cadeia de valor
Monitoramento da cadeia com foco em manutenção preditiva e prescritiva dos gargalos da cadeia; Marketplaces (insumos, distribuição, produção, consumo); Monitoramento da origem e transporte do produto/insumo (ponta à ponta) (rastreabilidade); Monitoramento da qualidade do produto (ponta à ponta); Previsão e antecipação da demanda (reabastecimento de estoque, planejamento das necessidades); Gestão de insumos (análise de capacidades de ofertas, monitoramento da disponibilidade de insumos);

Redação AI/SI
Deixe seu Recado