AveSui2021
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Sanidade

ADAPI confirma focos de peste suína clássica no Piauí

Os focos foram confirmados no dia 22 de março, em dois criatórios de suínos para subsistência no município de Demerval Lobão.

Redação
26-Mar-2021 11:33

O Governo do Estado do Piauí, por meio da Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi), confirmou a ocorrência de dois focos de peste suína clássica (PSC) no estado. Os focos foram confirmados no dia 22 de março, em dois criatórios de suínos para subsistência no município de Demerval Lobão.

Em ambos os estabelecimentos, onde foram confirmados os focos, os suínos doentes apresentaram conjuntivite, tosse, diarreia, apatia e febre, associados à morte de leitões. As propriedades foram interditadas pela equipe da Adapi (Serviço Veterinário Estadual) desde o primeiro atendimento. Após as interdições, 11 suínos foram sacrificados na quarta-feira (24) e foi feita a desinfecção das instalações e vazio sanitário.

Os casos foram notificados à Organização Mundial da Saúde Animal (OIE) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a equipe da Adapi segue monitorando a região para rastrear possíveis vínculos epidemiológicos no município.

“Estamos articulando a criação de um Comitê de Monitoramento da Peste Suína em Demerval Lobão, composto pela Adapi, Ministério da Agricultura, por meio da Superintendência do Piauí, Secretaria de Estado do Agronegócio, prefeitura do município e a iniciativa privada. O objetivo é monitorar a região e as criações para que a peste não se espalhe. Estamos hoje indo a Demerval Lobão e iniciaremos uma ação enérgica para conter os casos”, disse o superintendente do Ministério da Agricultura no Piauí, Germano Coelho.

O estado do Piauí faz parte da zona não reconhecida como livre de peste suína clássica, com outros 10 estados: Alagoas, Amazonas, Roraima, Pará, Amapá, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco). 

De acordo com a Adapi, a ocorrência, portanto, não altera a situação sanitária da zona livre de PSC reconhecida pela OIE, não justificando restrições ao comércio internacional de suínos e seus produtos. Além disso, a doença não é transmitida para seres humanos, não impactando a saúde pública.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade