Guia Gessulli
18-Set-2020 10:08
Preços ao produtor

Alta do IPPA/CEPEA em agosto supera os 10%

Resultado se deve às variações positivas observadas nos índices de grupos de produtos, com destaque para o IPPA-Grãos, que avançou 12,5%

Conforme os dados divulgados nesta sexta-feira (18/09), pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, o Índice de Preços ao Produtor de Grupos de Produtos Agropecuários (IPPA/CEPEA) registrou expressiva alta nominal de 10,5% de julho para agosto.

Segundo pesquisadores do Cepea, esse resultado se deve às variações positivas observadas nos índices de grupos de produtos, com destaque para o IPPA-Grãos, que avançou 12,5%; seguido pelo IPPA-Hortifrutícolas, com elevação de 11,9%; pelo IPPA-Pecuária, com aumento de 10,3% e pelo IPPA-Cana e Café, com alta de 4%. No caso dos grãos, a soja e o milho foram os produtos que exerceram maior influência sobre o avanço do índice.

Destaca-se também forte a variação nominal mensal de 22% do preço do arroz em casca. Entre os hortifrutícolas, o aumento refletiu sobretudo as valorizações da banana, do tomate e da uva.

Quanto ao índice da pecuária, destacaram-se as altas nos preços dos frangos, dos suínos, do leite e do boi gordo. O índice composto por cana-de-açúcar e café, acompanhado desde junho, teve seu resultado impulsionado pela elevação no preço do café. Na mesma comparação, o IPA-OG-DI Produtos industriais, calculado e divulgado pela FGV, teve alta de 4,71% – logo, de julho para agosto, os preços agropecuários subiram frente aos industriais da economia. 

Redação AI
Deixe seu Recado