AveSui2021
22-Set-2017 15:37 - Atualizado em 22/09/2017 15:55
Manejo

As manifestações de artrites infecciosas em suínos

As artrites e poliartrites correspondem a alterações inflamatórias intra-articulares de uma ou de várias articulações e são geralmente causadas por infecção bacteriana, embora possam também ser de origem traumática

setembro, 2017, releases empresas, fotos atualizadas ,
Setembro
As artrites e poliartrites correspondem a alterações inflamatórias intra-articulares de uma ou de várias articulações e são geralmente causadas por infecção bacteriana, embora possam também ser de origem traumática.  Essa condição ocorre em suínos de todas as idades.  Dados da literatura mundial dão conta de que a artrite é um problema comum nos suínos na maternidade e afeta cerca de 18% das  leitegadas e 3.3 % dos leitões após 4 dias de idade.

Por sua vez, relatos na literatura informam que as condenações de abate provocadas pela artrite infeciosa são equivalentes a duas carcaças inteiras e 49 carcaças parciais para cada 10.000 suínos abatidos.

No contexto de certas doenças específicas capazes de causar artrites, dados estatísticos demonstram que os suínos condenados devido à artrite têm maior probabilidade de estarem afetados pela Erisipela ou pneumonia do que os suínos não condenados. A mortalidade devido a Poliartrite é cerca de 1.4 % e é mais elevada no inverno. Os leitões lactentes são os mais afetados e morrem até três semanas de idade, mas 32% dos animais não morrem antes de 4-5 semanas de idade.

Dados estatísticos demonstram que há uma menor incidência de poliartrite em animais do sexo feminino; em leitões de porcas multíparas; de pequenas leitegadas; em rebanhos fechados e em rebanhos que não praticam o manejo de corte de dentes em recém-nascidos e/ou de corte de cauda.

Confira a matéria na íntegra, clicando AQUI

,
revista

Revista Suinocultura Industrial
Deixe seu Recado