Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Peste Suína

Assim como no Brasil, China implementa compartimentação para controle da PSA e outras doenças

Ministério da Agricultura da China divulgou um plano na quarta-feira para dividir o país em cinco regiões

Redação com informações de Reuters
23-Abr-2021 08:33 - Atualizado em 23/04/2021 09:47

Segundo Reuters, o Ministério da Agricultura da China divulgou um plano na quarta-feira para dividir o país em cinco regiões que terão maior responsabilidade na prevenção e controle da peste suína africana, bem como outras doenças animais.

A mudança ocorre após uma forte onda de peste suína no inverno na região norte e em algumas províncias, já que a doença incurável causa perdas significativas no maior rebanho de suínos do mundo.

No Brasil foi realizada a compartimentação para controlar doenças e o país ganhou uma grande vantagem competitiva no mercado internacional, ofertando melhores garantias aos clientes internacionais, além de tornar mais efetiva a redução de danos em ocasionais eventos sanitários. 

A China já havia pilotado o sistema de controle regional em seis províncias do sul. Pelo novo plano, todo o país será dividido em cinco regiões. As regiões terão a tarefa de garantir a notificação oportuna de surtos de doenças, avaliar os riscos e propor políticas de controle.

Eles também criarão zonas livres de doenças dentro de suas regiões e, além disso, garantirão que, em princípio, nenhum porco além de reprodutores e leitões entrem ou saiam de suas regiões, disse o ministério.

A China já havia discutido a adoção da compartimentação para controlar melhor a propagação da peste suína africana e, a partir de 1º de abril, restringiu o movimento de suínos entre as regiões. O teste do sistema no sul reduziu algumas doenças, disse Pan Chenjun, analista sênior do Rabobank. “A situação no sul era um pouco melhor do que no norte”, disse ela.

Assuntos do Momento

11 de Maio de 2021
Mercado

Produção de suínos na China deve crescer 19% em 2021

Segundo Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China (MARA), a expansão agressiva da capacidade de fazendas de grande escala em 2020 gerou um aumento estimado no abate de suínos para a China

Novos recursos na economia beneficiam o consumo de suínos
10 de Maio de 2021
Economia

Novos recursos na economia beneficiam o consumo de suínos

No momento, restam ainda mais de R$ 9 bilhões em recursos para serem contratados no Plano Safra 2020/2021

Análise de Mercado - Frango em alta e preço do suíno cai em três estados
10 de Maio de 2021
Mercado

Análise de Mercado - Frango em alta e preço do suíno cai em três estados

Entre os dias 03 e 07 de maio, o preço do frango vivo eleva sua cotação, com exceção de MG que mantém o valor estável. Suíno vivo teve queda de 1,11% em SC, 2,54% no PR e 2,12% no RS

Disponible en español Disponible en español
Na Colômbia carne de porco começa a faltar nos lares
11 de Maio de 2021
América Latina

Na Colômbia carne de porco começa a faltar nos lares

A produção diária na Colômbia é de 1.300 toneladas de carne suína e devido aos efeitos da greve nacional, 720 toneladas / dia deixaram de ser produzidas e comercializadas

Preços do suíno vivo e da carne se enfraquecem, aponta Cepea
13 de Maio de 2021
Mercado

Preços do suíno vivo e da carne se enfraquecem, aponta Cepea

Segundo estudos, a venda de carne no mercado doméstico está enfraquecida

Disponible en español Disponible en español
Greve Nacional na Colômbia com risco de desnutrição em fazendas de suínos
13 de Maio de 2021
Sanidade

Greve Nacional na Colômbia com risco de desnutrição em fazendas de suínos

O presidente da PorkColombia afirmou que em algumas fazendas do país estão contando as horas para iniciar o abate em massa porque não há comida para os porcos

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade