Alltech SI
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Aquicultura

AveSui EuroTier fomenta a "multiplicação dos peixes"

Feira apresentará tecnologia de vanguarda para a piscicultura, setor de proteína animal que mais cresce no Brasil.

Redação
15-Abr-2019 08:24 - Atualizado em 15/04/2019 10:07

O setor de proteína animal que mais avança no Brasil é a piscicultura, com crescimento de 25% desde 2014 e um total de 722,5 mil toneladas no ano passado. A AveSui EuroTier South America ocorrerá justamente em Medineira, Paraná, no epicentro do “multiplicação dos peixes” em curso no Brasil.

O Paraná é maior produtor de tilápia (principal espécie) e o Sul lidera a produção entre as regiões com aproximadamente um quarto do total. O setor, como um todo, por sua vez, já gerou mais de US$ 136 milhões de exportações em 2018.

Segundo o Anuário PeixeBR da Psicicultura 2019, as expectativas para este ano são positivas e de otimismo. O Brasil já é o 4º maior produtor de tilápia, que é o peixe de cultivo mais presente, mas também tem produção relevante de salmão, carpa e panga.

Entre os peixes nativos, o maior destaque é o tambaqui e os estados que lideram a cadeia são Rondônia, Mato Grosso e Maranhão, com quase 60% da oferta total. Apesar disso, apenas Ceará e Distrito Federal não têm produção registrada de pescados.

Além de uma das “proteínas do futuro”, o setor de peixes tem linhas de financiamento do BNDES e Finep, empresas exportadoras, 455 mil estabelecimentos de aquicultura e diversas outras iniciatias de fomento ao setor. Os produtores e investidores também estão em franco avanço.

Para Flávio Paulert, gerente do Departamento de Peixes da C.Vale, a atualização tecnológica é indispensável para manter a competitividade.

“A participação permitirá comparar o que se está fazendo com o que os outros fazem, além de se sintonizar nas novidades. A C.Vale costuma enviar representantes ou estimular a presença de nossos produtores para que eles se atualizem, possam conhecer as inovações e aprimorar seus resultados” explicou.

Por sua vez, Nestor Braun, gerente de Integração Peixes da Copacol, destaca a importância do evento em diversos aspectos. “É uma vitrine e um ponto de encontro dos profissionais, empresas e produtores de aves, suínos e peixes, segmentos onde atuamos. Permitirá avaliar o que há de melhor em inovações tecnológicas no mundo para a produção, além de palestras com temas atuais e alinhados com nossas atividades”, disse.

Para produzir com qualidade e eficiência, as tecnologias de vanguarda em ambiência, nutrição, sanidade e manejo são indispensáveis e estarão acessíveis na AveSui EuroTier 2019.  

A feira reúne as expertises do tradicional evento brasileiro e do principal encontro global em tecnologia para produção animal. É por isso que a feira contará com diversos expositores com foco na produção de peixes.

Assuntos do Momento

Com a chegada da frente fria, valor do milho sobe e deixa produtores em alerta no Brasil
16 de Maio de 2022
Insumos

Com a chegada da frente fria, valor do milho sobe e deixa produtores em alerta no Brasil

Os valores do milho voltaram a subir na semana passada, interrompendo, portanto, o movimento de queda diária consecutiva que vinha sendo verificado desde o encerramento de abril

Estimativa da Anec para exportação de soja em maio aumenta para 11,4 mi de toneladas e de milho para 1,2 mi de toneladas
18 de Maio de 2022
Insumos

Estimativa da Anec para exportação de soja em maio aumenta para 11,4 mi de toneladas e de milho para 1,2 mi de toneladas

A previsão é de que sejam enviados 11,483 milhões de toneladas de soja em grãos, ante as 10,615 milhões de toneladas projetadas na semana passada. 

Exportação da soja paraense cresce 124%; alimentação de suínos na China é principal destino
17 de Maio de 2022
Exportações

Exportação da soja paraense cresce 124%; alimentação de suínos na China é principal destino

Percentual de crescimento é um comparativo do período de janeiro abril de 2022 ao mesmo quadrimestre do ano passado

Mato Grosso tem perda irreversível de 4 milhões de toneladas de milho 2ª safra
19 de Maio de 2022
Grãos

Mato Grosso tem perda irreversível de 4 milhões de toneladas de milho 2ª safra

A safra do cereal foi estimada em 36 milhões de toneladas, informou a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso 

Exportadores dos EUA relatam vendas de 229,2 mil toneladas de soja para destinos não revelados
19 de Maio de 2022
Insumos

Exportadores dos EUA relatam vendas de 229,2 mil toneladas de soja para destinos não revelados

Do total, 10,2 mil toneladas de soja têm entrega no ano comercial 2021/22 e 219 mil toneladas para entrega no ano comercial 2022/23

ONU negocia retomar exportações de grãos da Ucrânia em meio à crise de alimentos
19 de Maio de 2022
Commodities

ONU negocia retomar exportações de grãos da Ucrânia em meio à crise de alimentos

“Estou esperançoso, mas ainda há um caminho a percorrer”, disse Guterres, que visitou Moscou e Kiev no final do mês passado

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade