AveSui2021
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Assine a Revista Revista Digital Anuncie
México

Bachoco anuncia compra da processadora RYC Alimentos

Acordo comercial permitirá à Bachoco aumentar seus centros de distribuição e chegar a mais estados mexicanos

El Economista, com tradução da Redação AI/SI
12-Jan-2021 12:02

A Industria Bachoco , produtora e comercializadora de aves no México, anunciou a compra da RYC Alimentos, uma processadora de carnes com centros de produção localizados principalmente em Puebla .

O acordo comercial permitirá à Bachoco crescer para aumentar seus centros de distribuição e chegar a mais estados da República. A negociação ainda precisa ser analisada pelas autoridades da Comissão Federal de Concorrência Econômica.

“Em linha com a nossa estratégia de crescimento inorgânico, este acordo permite-nos continuar a dar passos sólidos na consolidação nas outras proteínas, bem como nos produtos de valor agregado. Ao mesmo tempo, com essas ações, reforçamos nosso compromisso em contribuir para a nutrição do consumidor. Esperamos integrar esta operação o mais rápido possível e capturar as oportunidades que identificamos”, disse Rodolfo Ramos, CEO da Bachoco.

As principais linhas de negócios da Bachoco são frango, ovos, alimentos balanceados, carne suína, entre outros produtos. Possui mais de 1.000 instalações organizadas em 9 complexos de produção e 66 centros de distribuição no México e um complexo de produção nos Estados Unidos.

“O negócio será devidamente revisado pelas autoridades econômicas de concorrência do México, a Cofece, para que, uma vez autorizado, mais detalhes da transação sejam dados”, segundo nota da BMV .

Em sua listagem na Bolsa de Valores do México, a avícola tem uma queda de 10,32% em 2020, ainda afetada pela crise da Covid-19 , e suas ações são vendidas por 73,03 pesos cada, com um valor de mercado de 43.676 milhões de pesos.