Basf SI
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Entrevista

Bem-estar animal, tecnologias digitais e One Health estarão agregados às inovações que chegarão ao mercado

Considerados temas estratégicos para o futuro da produção, a Boehringer Ingelheim tem incorporado estes conceitos ao processo de desenvolvimento de suas soluções direcionadas à saúde animal

Redação
29-Jun-2022 08:15 - Atualizado em 29/06/2022 08:30

O mercado veterinário de suínos e aves vive um processo intenso de transformações. Um produto direcionado à saúde animal não pode mais simplesmente focar na prevenção ou tratamento de uma doença em si. Claro, isso continua como ponto central, mas as soluções oferecidas no mercado precisam agregar novos valores à agroindústria e ao produtor.

Os produtos necessitarão cada vez mais trazer agregados a si conceitos de bem-estar animal e One Health, por exemplo.

Além disso, trarão adicionais correlacionados ao uso de tecnologias digitais, com aplicações de inteligência artificial, machine learning, big data e outras as quais darão todo um suporte na tomada de decisão e/ou atuarão de forma a antever possíveis problemas sanitários na granja, reduzindo – e até evitando - os impactos negativos que poderia vir a causar.

No caso da Boehringer Ingelheim Saúde Animal, sua área de Pesquisa & Inovação passar trabalhar com todos esses conceitos dentro do processo de desenvolvimento de um novo produto.

Tanto que a empresa deve lançar no segundo semestre deste ano o SoundTalks, equipamento que capta e interpreta a vocalização dos suínos, gerando um alerta aos produtores frente a potenciais indícios de problemas respiratórios no lote, o que permite a antecipação de qualquer medida sanitária. Isso não só reduz ou elimina perdas, como gera bem-estar aos animais ao evitar o desenvolvimento de formas mais agudas de uma enfermidade.

A companhia, que mantém fortes investimentos globais em P&D, também tem trabalhado com vacinas administravas via água de bebida, o que elimina a aplicação via injetável, responsável por causar estresse nos animais e, em algumas situações, reações adversas.

“A Boehringer Ingelheim sempre busca inovações que nos dê a possibilidade de explorarmos essa via do bem-estar animal; de levar soluções voltadas a essa demanda até o produtor”, destaca Abilio Alessandri, diretor da Unidade de Negócios Aves e Suínos da Boehringer Ingelheim Saúde Animal.

Nesta entrevista à Suinocultura Industrial, durante sua passagem pela AveSui América Latina, o executivo fala sobre tecnologias, tendências, mercado e os caminhos que a empresa deve seguir nos próximos anos em relação aos seus produtos e serviços para suínos e aves.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade