Agroceres Multimix
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
PSA

Campanha para evitar Peste Suína Africana no país ganha reforço nas redes sociais

Conteúdos diversos, com orientações sobre a transmissão, sinais clínicos e até sobre impacto financeiro para o Brasil estão nas plataformas digitais do Ministério da Agricultura, a partir de hoje (26/8)

Redação
27-Ago-2021 08:15 - Atualizado em 27/08/2021 10:57

Uma campanha institucional para reforçar ações preventivas contra a entrada da Peste Suína Africana (PSA) no Brasil está sendo ampliada hoje, nas redes sociais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A iniciativa pretende alertar principalmente a sociedade, em especial, os passageiros de voos provenientes de países onde a doença está presente, com destaque para a República Dominicana, onde ocorreu o diagnóstico da doença no final de julho. A campanha de conscientização intitulada "Peste Suína Africana, aqui não!" chega às plataformas digitais do Mapa com conteúdos de orientação sobre as formas mais comuns de ingresso da PSA no Brasil e como diminuir essas ameaças.

A transmissão, sinais clínicos da doença, qualidade da carne suína brasileira e até o impacto financeiro da PSA na sociedade e na economia brasileira são temas presentes nesses conteúdos ou cards, elaborados para as plataformas digitais do Mapa. "Nosso objetivo com essa campanha é alertar e, ao mesmo tempo, tranquilizar a sociedade, enfatizando que a doença não afeta seres humanos, mas lembrando que somos nós os responsáveis pela disseminação desse vírus, no momento em que ignoramos medidas sanitárias ao ingressar no Brasil com produtos de origem suína não autorizados", destaca Geraldo Moraes, diretor do Departamento de Saúde Animal do Mapa. Ele também adianta que a campanha será estendida a outros formatos para reforçar essa ação, com foco na sociedade, que é o público-alvo.

A campanha está sendo realizada com a parceria do Anffa Sindical, Sindicato que representa os auditores fiscais federais agropecuários (affas), envolvidos diretamente na força-tarefa que já existe hoje, nos principais aeroportos brasileiros, para evitar a entrada da PSA. "Os Auditores Agropecuários estão empenhados em unir esforços para manter o status sanitário do país livre de PSA. E a campanha chega para conscientizar a população sobre a importância social e econômica da doença e do papel de cada um em evitar que o vírus chegue ao nosso país", destaca Janus Pablo, presidente do Anffa Sindical.

Outro parceiro do Mapa, na campanha, a ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), destaca que a PSA é uma enfermidade animal global, com estragos econômicos e sociais severos nos locais onde houve focos. "Embora não haja risco para humanos,

a doença causa perdas aos produtores e impactos na oferta de alimentos para a população. A PSA é um problema para todos, exatamente por isto, a união dos esforços do setor público e da iniciativa privada na prevenção é fundamental, em uma ação que ultrapasse os cercados da cadeia produtiva", alerta Ricardo Santin, presidente da ABPA.

A campanha é mais um reforço ao Plano Integrado de Vigilância do Mapa, para Doenças dos Suínos que visa fortalecer a capacidade de detecção precoce de casos de Peste Suína Clássica (PSC), Peste Suína Africana (PSA) e a Síndrome Reprodutiva e Respiratória dos Suínos (PRRS). E também à força-tarefa que aumentou número de auditores fiscais federais agropecuários (affas) e servidores da Receita Federal e da Polícia Federal nos principais aeroportos do país.

A doença viral está erradicada no Brasil desde a década de 1980 e não oferece riscos aos humanos, mas é fatal para os suínos. Estimativas da Embrapa, a partir de estudos realizados nos EUA, apontam que a presença da PSA no Brasil causaria um prejuízo estimado em 5,5 bilhões de dólares, apenas no primeiro ano.

Compartilhe nas redes sociais!

,
PSA

,
psa 1
,
psa 2
,
psa 3
,
psa 4

Assuntos do Momento

19 de Outubro de 2021
Diversidade Cultural

Mais de 120 colaboradores da BRF carimbam o passaporte e atuam em diferentes países

Com experiência no exterior e apoio da Companhia, profissionais enriquecem currículo, compartilham conhecimentos e promovem a diversidade cultural

BRF anuncia mais habilitações de Cingapura para exportação de produtos suínos
22 de Outubro de 2021
Expansão

BRF anuncia mais habilitações de Cingapura para exportação de produtos suínos

Já a unidade de Lucas do Rio Verde (MT) obteve autorização para a venda de suínos e seus miúdos

BRF investe R$ 5,5 milhões em modernização do laboratório industrial em Lucas do Rio Verde
20 de Outubro de 2021
Investimento

BRF investe R$ 5,5 milhões em modernização do laboratório industrial em Lucas do Rio Verde

Estrutura foi ampliada e conta com os mais modernos equipamentos para garantir a qualidade da análise de produtos da Companhia 

22 de Outubro de 2021
Evento

BRF marca presença na Expo Dubai 2020

Companhia mantém importante atuação no mercado Halal com indústrias na região e exportação de produtos a partir de diversas unidades pelo Brasil

Veto da China à carne bovina brasileira já dura mais de um mês e assusta governo
19 de Outubro de 2021
Suspensão

Veto da China à carne bovina brasileira já dura mais de um mês e assusta governo

No início de setembro, o Brasil suspendeu os embarques da proteína ao país asiático depois da confirmação de casos da vaca louca

Brasil conclama China a avançar no comércio de carne
20 de Outubro de 2021
Negociação

Brasil conclama China a avançar no comércio de carne

Embaixador brasileiro diz que o governo acredita em progresso no reconhecimento pela China do status do Brasil como livre de febre aftosa e como um país de ‘risco insignificante’ para a doença da vaca louca

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade