Agroceres Multimix SI
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Nutrição

China avança em pesquisa de proteína sintética para alimentar criações

Ao menos 10 outras startups de todo o mundo também estão usando a biologia sintética para criar ração animal 

Redação com informações de Money Times
01-Nov-2021 12:19 - Atualizado em 01/11/2021 15:01

Pesquisadores chineses dizem ter descoberto uma maneira de produzir uma proteína para alimentar criações com monóxido de carbono, o que está sendo louvado como um avanço que poderia ajudar a diminuir a dependência do país dos grandes volumes de soja importada.

A China é, de longe, a maior compradora mundial de soja, importando cerca de 100 milhões de toneladas por ano para transformá-la em ração rica em proteína para criações de porcos e aves.

Mas uma porção desta soja um dia pode ser substituída por proteína sintética.

O Instituto de Pesquisa de Ração da Academia Chinesa de Ciências Agrícolas (Caas) diz que trabalha com a Tecnologia Biológica Shoulang de Pequim para acelerar um processo de fermentação de gás de forma a criar uma proteína de célula única que poderia alimentar os animais, de acordo com um relatório publicado no domingo em um site aos cuidados do Ministério da Agricultura e dos Assuntos Rurais.

A equipe começa a operar uma instalação na província de Hebei, no norte chinês, para transformar um gás de produção de aço em cinco mil toneladas de proteína por ano, segundo o estatal Diário do Povo.

A proteína produzida foi aprovada pelo Ministério da Agricultura como ração para os animais, segundo o relatório. Não foram divulgados detalhes sobre os custos de produção.

Ao menos 10 outras startups de todo o mundo também estão usando a biologia sintética para criar ração animal empregando gases de queima como matéria-prima para bactérias ou outros microrganismos ricos em proteínas.

Entre estas se encontra a britânica Deep Branch, que almeja transformar o dióxido de carbono emitido por uma usina elétrica em proteína para peixes e aves.

Sediada nos Estados Unidos, a Calysta tem uma parceria com a gigante agrícola Cargill para uma usina de produção de proteína de célula única de 200 mil toneladas no Tennessee.

Os esforços chineses poderiam ser uma solução para a “dependência externa excessiva de proteína para ração, uma das maiores limitações da agricultura da China”, disse o tabloide de apoio estatal Global Times.

Assuntos do Momento

Aurora Alimentos é eleita a campeã do prêmio "Melhores do Agronegócio"
01 de Dezembro de 2021
Reconhecimento

Aurora Alimentos é eleita a campeã do prêmio "Melhores do Agronegócio"

Avaliados pela Serasa Experian, resultados que levaram à escolha da cooperativa catarinense levaram em conta dados financeiros e ações de responsabilidade socioambiental

Grupo de investimentos avalia riscos em empresas de carnes
01 de Dezembro de 2021
Agroindústrias

Grupo de investimentos avalia riscos em empresas de carnes

FAIRR Initiative identificou melhora generalizada em companhias de todo o mundo, mas uso de água e gestão de resíduos ainda estão longe do ideal

Sanepar e Frísia ampliam parceria na conservação de mananciais do programa Fundo Azul
26 de Novembro de 2021
Política Pública

Sanepar e Frísia ampliam parceria na conservação de mananciais do programa Fundo Azul

Programa Fundo Azul da Sanepar, em conjunto com a Frísia, já adequou a destinação de cerca de 42 mil litros de dejetos por dia em propriedades rurais

De olho nos investimentos em galpões para aves e suínos no oeste do PR e Tríplice Fronteira, Lages Patagonia confirma participação na AveSui
29 de Novembro de 2021
AveSui 2022

De olho nos investimentos em galpões para aves e suínos no oeste do PR e Tríplice Fronteira, Lages Patagonia confirma participação na AveSui

A empresa do segmento de estruturas pré-fabricadas para construção civil tem executado obras na Argentina, Paraguai e oeste paranaense

Contrabandistas transportam milhões de dólares de carne não regulamentada para a China todos os anos e o governo parece não conseguir impedi-los
30 de Novembro de 2021
Ilegal

Contrabandistas transportam milhões de dólares de carne não regulamentada para a China todos os anos e o governo parece não conseguir impedi-los

Milhares de quilos de carne são contrabandeados por meio de barcos de alta velocidade

Governo de SC anuncia R$ 27,7 milhões em investimentos para Videira e região
29 de Novembro de 2021
Investimento

Governo de SC anuncia R$ 27,7 milhões em investimentos para Videira e região

Os recursos serão aplicados em agricultura, educação, educação especial, além de transferências diretas às cidades

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade