AveSui
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Mercado

Com investimento de R$ 132 milhões, Minas Gerais terá a maior fábrica de rações animais do Brasil

Curvelo, na região Central, vai receber a mais moderna unidade do segmento no país

Redação com informações de Agência Minas
12-Ago-2021 08:42

A Cooperativa Central dos Produtores Rurais (CCPR), maior captadora de leite do Brasil, confirmou investimento de R$ 132 milhões para a construção de uma fábrica voltada para produção de soluções nutricionais, como rações e suplementos minerais para animais. A nova unidade industrial será implantada na cidade de Curvelo, na região Central do estado. Com previsão de entrada em operação em maio de 2023, o novo investimento vai gerar aproximadamente 1.000 empregos, entre diretos e indiretos, impactando positivamente toda a cadeia produtiva e criando oportunidades de negócios em vários setores da prestação de serviços da região.

Para o governador Romeu Zema, a nova fábrica da CCPR vai fortalecer ainda mais o desenvolvimento regional do estado e a geração de postos de trabalho. “É uma satisfação presenciar um anúncio deste porte. A grande bandeira do nosso governo é atrair, investir e viabilizar investimentos e, consequentemente, a criação de empregos. O potencial de desenvolvimento da região de Curvelo vai refletir em diversas partes do estado e do país”, destacou o governador. 

O anúncio amplia ainda mais a cadeia produtiva do setor em Minas, e consolida o estado na vanguarda tecnológica nessa área. A fábrica será voltada para a produção de rações para bovinos de leite e corte, equinos, suínos e aves. Além disso, também serão produzidos suplementos minerais para bovinos. 

Etapas de expansão

O projeto será implementado em duas fases ao longo de quatro anos. O objetivo é atingir a capacidade produtiva de 680 mil toneladas por ano. Atualmente, a CCPR já possui uma unidade industrial em Contagem, na Região Metropolitana da capital. 

A própria unidade de Curvelo realizará a armazenagem e o processamento de insumos para alimentação animal (milho, soja, sorgo, e polpa cítrica, por exemplo), o que vai incrementar a comercialização desses itens no estado, fortalecendo ainda mais os produtores rurais.

Após o início da operação da unidade de Curvelo, a capacidade produtiva da CCPR será de cerca de 1,2 milhão toneladas/ano.

“A nova fábrica da CCPR incrementa ainda mais os investimentos em Minas. Somos um estado amigo do investidor, de quem produz, gera emprego e renda. Já acumulamos R$ 131 bilhões em novos negócios, com participação de todos os setores”, afirmou o secretário de  Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio.

Retomada econômica

A agropecuária brasileira foi um dos setores menos afetados pela pior crise econômica dos últimos tempos. O segmento de rações animais, por exemplo, tem expectativa de fechar 2021 com crescimento de 2,3%. Em Minas Gerais, principal mercado de nutrição animal da CCPR, a empresa já detém aproximadamente 10% de market share. Esse investimento no segmento de nutrição animal acompanha a expansão desse mercado no país.

Segundo o presidente da CCPR, Marcelo Candiotto, esse é o momento ideal para a empresa investir no setor. “Em 2020, a CCPR obteve resultados históricos de produção e faturamento. Com o aumento da capacidade produtiva, incrementada pela nova unidade, esperamos manter o alto ritmo de crescimento e ganhar mais 7% do mercado até 2025”, estimou.

Ainda de acordo com Candiotto, é preciso investir continuamente para levar a inovação e o desenvolvimento necessários ao campo e às comunidades.

“A CCPR, como uma das maiores produtoras de soluções nutricionais para animais, está alinhada com seus princípios cooperativistas e reafirma sua missão de fortalecer seus cooperados e a comunidade onde está inserida. Estamos trabalhando para atender à demanda das cooperativas, dos produtores rurais e levando emprego e renda para Curvelo e seu entorno”, disse.

Conquista para Minas

O presidente do Indi, João Paulo Braga, explica que os contatos da empresa com a agência tiveram início no final de 2020. Desde então, foi prestado suporte em assuntos estratégicos como a definição da área apropriada para o projeto, tratamento tributário e também em relação ao fornecimento de energia elétrica, uma vez que há demanda de uma subestação para atender à nova planta. 

“É muito significativo para Minas Gerais ter a maior e mais moderna fábrica desse segmento no Brasil. Adensa a cadeia produtiva de alimentação animal no estado e configura um ótimo exemplo de industrialização do setor”, disse.

Assuntos do Momento

19 de Outubro de 2021
Diversidade Cultural

Mais de 120 colaboradores da BRF carimbam o passaporte e atuam em diferentes países

Com experiência no exterior e apoio da Companhia, profissionais enriquecem currículo, compartilham conhecimentos e promovem a diversidade cultural

BRF anuncia mais habilitações de Cingapura para exportação de produtos suínos
22 de Outubro de 2021
Expansão

BRF anuncia mais habilitações de Cingapura para exportação de produtos suínos

Já a unidade de Lucas do Rio Verde (MT) obteve autorização para a venda de suínos e seus miúdos

BRF investe R$ 5,5 milhões em modernização do laboratório industrial em Lucas do Rio Verde
20 de Outubro de 2021
Investimento

BRF investe R$ 5,5 milhões em modernização do laboratório industrial em Lucas do Rio Verde

Estrutura foi ampliada e conta com os mais modernos equipamentos para garantir a qualidade da análise de produtos da Companhia 

22 de Outubro de 2021
Evento

BRF marca presença na Expo Dubai 2020

Companhia mantém importante atuação no mercado Halal com indústrias na região e exportação de produtos a partir de diversas unidades pelo Brasil

Veto da China à carne bovina brasileira já dura mais de um mês e assusta governo
19 de Outubro de 2021
Suspensão

Veto da China à carne bovina brasileira já dura mais de um mês e assusta governo

No início de setembro, o Brasil suspendeu os embarques da proteína ao país asiático depois da confirmação de casos da vaca louca

Brasil conclama China a avançar no comércio de carne
20 de Outubro de 2021
Negociação

Brasil conclama China a avançar no comércio de carne

Embaixador brasileiro diz que o governo acredita em progresso no reconhecimento pela China do status do Brasil como livre de febre aftosa e como um país de ‘risco insignificante’ para a doença da vaca louca

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade