AveSui2021
19-Nov-2020 09:18 - Atualizado em 19/11/2020 09:31
Edição

Com participação de ministros, Anuários analisam recordes de 2020 e projetam futuro do agro

Tereza Cristina destaca a abertura de mercados para as carnes, enquanto Tarcisio de Freitas fala dos desafios da infraestrutura

personalidades, fotos atualizadas , José Cruz / Marcello Casal - Agência Brasil
Tereza Cristina, da Agricultura, e Tarcísio de Freitas, da Infraestrutura, participam dos Anuários 2021José Cruz / Marcello Casal - Agência Brasil

Os Anuários da Avicultura Industrial e da Suinocultura Industrial são as edições mais aguardadas do ano. Em suas páginas, análises econômicas e conjunturais e o desempenho dos diversos segmentos que compõem as cadeias produtivas de aves, ovos e suínos. Neste ano, mesmo com inúmeros desafios, o agronegócio baterá diversos recordes de produção e exportação. Em carne suína, por exemplo, o país deve embarcar mais de um milhão de toneladas; volume histórico para o setor. Além disto, projeções indicam que o país irá expandir sua produção agropecuária em níveis superiores ao dos demais com importância na produção de alimentos nos próximos anos, ampliando o papel do país como fornecedor mundial de produtos agrícolas e proteína animal.

Nas edições deste ano, teremos a participação da ministra da Agricultura Tereza Cristina, que fará uma breve análise da abertura de novos mercados e da ampliação dos já acessados para as carnes do Brasil. Neste contexto, vai destacar algumas políticas que foram importantes neste processo, além de projetar um avanço significativo do agro em termos de produção e exportação nos próximos anos. Com isto, o país tem tudo para se tornar o maior fornecedor mundial de alimentos.

Outro destaque é uma entrevista com o ministro da Infraestrutura Tarcisio de Freitas, que irá apontar os principais desafios para se avançar na infraestrutura logística no país. Os investimentos em modais ferroviários, por exemplo, seria extremamente importante para escoar a custos menores a produção de grãos do Centro-Oeste. A produção no campo tem crescido a um ritmo bem superior ao dos investimentos logísticas, o que poderia levar a perdas de competitividade no agro. O ministro debate este e outros pontos em entrevista exclusiva.

Conheça a pauta completa do Anuário da Avicultura Industrial clicando aqui. A pauta do Anuário da Suinocultura Industrial, aqui

 

Humberto Marques | Redação
Deixe seu Recado