Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Intercâmbio

Comitiva da Coréia do Sul visita o Instituto Biológico

Os representantes da Coreia do Sul vieram conhecer as pesquisas desenvolvidas pelo IB

Redação, com informações IB
11-Mai-2022 08:20

O Instituto Biológico (IB-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, recebeu na sexta-feira, 06 de maio de 2022, a visita de representantes da Coreia do Sul interessados em conhecer as pesquisas desenvolvidas pelo IB. Os médicos-veterinários Inhyung Lee, da Seoul National University; e Ju Hyung Hur, da Korean Veterinary Medical Association, foram recebidos por Ricardo Spacagna Jordão, diretor do Laboratório de Pro dução de Imunobiológicos do Instituto Biológico.

Durante a visita os pesquisadores visitaram o Cafezal IB - conhecido como o maior cafezal em área urbana do mundo -, o bosque de Pau-Brasil e o Laboratório de Produção de Imunobiológicos. Entre os assuntos tratados estava a intenção da Coreia do Sul em propor que o Congresso Mundial de Buiatria, em 2026, seja realizado em Jeju. Buiatria é a área da medicina veterinária que envolve o diagnóstico, tratamento e prevenção das enfermidades que acometem os bovinos, explica Ricardo Jordão. Essa moção será apresentada no evento que ocorrerá neste ano, em Madrid. Jordão representa o Brasil na Associação Mundial de Buiatria (WAB), assim como Lee representa a Coréia do Sul na mesma entidade. No evento, além da escolha dos locais onde ocorrerão os próximos congressos, são escolhidos os representantes dos países membros; há o lançamento de novas vacinas para ruminantes, apresentaçã o de trabalhos e discussão sobre diversos temas de interesse da Medicina Veterinária que se ocupa dos aspectos, sanitários e produtivos, relativos aos ruminantes.

"Essa visita é importante porque demonstra o quanto as pesquisas desenvolvidas pelo Instituto Biológico são reconhecidas internacionalmente. Esses pesquisadores poderiam ter procurado a Universidade, mas eles desejam algo mais prático, mais aplicado, por isso nos procuram", afirma Jordão. O pesquisador explica que essa troca de experiências traz vários benefícios: quando alguma fase do projeto encontra dificuldade para ser desenvolvida no Brasil, é possível contar com o apoio dos parceiros; da mesma forma, quando estes não avançam em alguma etapa, pedem ajuda aos brasileiros. O contato intergeracional, permitindo que jovens pesquisadores desenvolvam pesquisas de ponta e possam se tornar referência dentro e fora do país, destaca Ricardo Jordão.

Essa visão crítica dos pares ajuda o pesquisador a aprimorar suas pesquisas. Quando o profissional submete um artigo ou participa de um congresso internacional, essa troca de experiência ajuda a ampliar a visibilidade e traz benefícios para a instituição e para o Estado que investe em conhecimento. "Veja o caso da pandemia por Covid-19, nós tivemos algumas semanas para nos preparar, sabendo que a onda viria, mas foi possível aprender com a expertise deles e tentar tornar a nossa onda mais rápida", explicou Jordão, destacando que é importante ampliar a colaboração entre os países para além do eixo USA-Europa.

Assuntos do Momento

23 de Junho de 2022
Mercado Interno

Mesmo com entrada de 2ª quinzena, preços no mercado de suínos sobem

Segundo pesquisadores do Cepea, no caso do animal vivo, esse movimento de reação é influenciado pela baixa disponibilidade de suíno em peso ideal para abate, pelo clima ameno e por eventos festivos que favorecem o consumo

CNA pede mais R$ 710 milhões em 2022 para subvenção de apólices da safra verão
23 de Junho de 2022
Seguro Rural

CNA pede mais R$ 710 milhões em 2022 para subvenção de apólices da safra verão

Segundo nota da entidade, o crédito extra é necessário para garantir a cobertura do plantio da próxima safra de verão 2022/23 

21 de Junho de 2022
Exportações

Exportações de carne suína diminuem, mas mercado interno dá sinais de ajuste de oferta

Veja o panorama completo do mercado interno e externo de suínos durante o mês de junho

Aumento da margem de carne suína na China pode beneficiar grandes indústrias, como JBS e BRF
23 de Junho de 2022
Mercado

Aumento da margem de carne suína na China pode beneficiar grandes indústrias, como JBS e BRF

Após a redução no rebanho que vinha ocorrendo em função da diminuição da margem de carne suína na China, maio foi o primeiro mês de aumento do rebanho em 2022

Produção global de carne suína em 2022
22 de Junho de 2022
Comentário Suíno

Produção global de carne suína em 2022

Por Osler Desouzart, CEO da ODConsulting

Cresce a demanda por carne de frango e suína em Posadas, na Argentina
23 de Junho de 2022
Argentina

Cresce a demanda por carne de frango e suína em Posadas, na Argentina

“No total mais ou menos nós argentinos consumimos 110 kg de carne por ano e agora caiu para 47 kg, segundo os últimos dados que são de 2021”, disse Mariela Bernardi, administradora do Mercado Concentrado Posadas.

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade