Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Revista

Conversão alimentar é sempre sinônimo de lucratividade?: no ar a nova edição de Suinocultura Industrial

A conversão alimentar é um item relevante para se analisar o desempenho produtivo de um plantel. Mas, em determinadas situação, regredir um pouco neste índice não significa maiores perdas

Redação
24-Abr-2022 17:26 - Atualizado em 24/04/2022 17:37

Os principais insumos das rações tiveram uma alta significativa ao longo dos últimos anos, com impactos diretos na rentabilidade de criadores de suínos. A expectativa é de manutenção de preços em patamares mais elevados no curto prazo, já que fatores como a Guerra na Ucrânia, quebras de safra na América do Sul e demanda internacional aquecida por estas commodities ainda se mantêm com força.

O caso brasileiro tem se mostrado mais grave ainda, principalmente para os produtores independentes. Além dos custos elevados, um potencial excesso de oferta de carne suína tem mantido os preços do suíno vivo com cotações bem abaixo do gasto com produção. Só para se ter uma ideia, os suinocultores independentes de Santa Catarina tem amargado prejuízos que chegam a R$ 300,00 por animal vendido.

Com esse cenário, ser eficiente é algo de extrema importância. No entanto, é sempre bom avaliar diferentes fatores e conceitos ao se estabelecer estratégias aplicáveis ao seu plantel. Mudar paradigmas frente ao desafio imposto por uma situação pode uma saída estratégica importante, reversível no futuro próximo, ao se deparar com uma nova realidade, se for o caso.

A conversão alimentar é um item relevante para se analisar o desempenho produtivo de um plantel. Mas, em determinadas situação, como a vivida atualmente pelo setor produtivo de suínos, regredir um pouco neste índice não significa maiores perdas, mas, muitas vezes, estabilizar uma situação desfavorável.

Isso é que comenta o diretor Global de Programas Nutricionais da PIC, Uislei Orlando, em entrevista nessa edição. Ele lembra que em momentos de altos preços dos insumos e baixos valores pagos pelo suíno, todos os aspectos que envolvem ganho de peso e consumo de ração terão um claro impacto na conversão alimentar. Ocorre que dentre alguns pontos da nutrição, determinadas soluções podem ser positivas para a conversão alimentar, mas antagônicas em relação à lucratividade.

Um exemplo é a maior inclusão de óleo na formulação das rações, o que agrega melhoria em conversão alimentar. No entanto, o especialista questiona se hoje, com o suíno a preço baixo, seria vantajosa essa alternativa. Assim como outros pontos de vista são colocados à mesa sobre o assunto. Leia a entrevista e tome suas próprias conclusões.

Boa Leitura!

Humberto Luis Marques

Editor Suinocultura Industrial

Assuntos do Momento

23 de Junho de 2022
Mercado Interno

Mesmo com entrada de 2ª quinzena, preços no mercado de suínos sobem

Segundo pesquisadores do Cepea, no caso do animal vivo, esse movimento de reação é influenciado pela baixa disponibilidade de suíno em peso ideal para abate, pelo clima ameno e por eventos festivos que favorecem o consumo

CNA pede mais R$ 710 milhões em 2022 para subvenção de apólices da safra verão
23 de Junho de 2022
Seguro Rural

CNA pede mais R$ 710 milhões em 2022 para subvenção de apólices da safra verão

Segundo nota da entidade, o crédito extra é necessário para garantir a cobertura do plantio da próxima safra de verão 2022/23 

21 de Junho de 2022
Exportações

Exportações de carne suína diminuem, mas mercado interno dá sinais de ajuste de oferta

Veja o panorama completo do mercado interno e externo de suínos durante o mês de junho

Aumento da margem de carne suína na China pode beneficiar grandes indústrias, como JBS e BRF
23 de Junho de 2022
Mercado

Aumento da margem de carne suína na China pode beneficiar grandes indústrias, como JBS e BRF

Após a redução no rebanho que vinha ocorrendo em função da diminuição da margem de carne suína na China, maio foi o primeiro mês de aumento do rebanho em 2022

Produção global de carne suína em 2022
22 de Junho de 2022
Comentário Suíno

Produção global de carne suína em 2022

Por Osler Desouzart, CEO da ODConsulting

Cresce a demanda por carne de frango e suína em Posadas, na Argentina
23 de Junho de 2022
Argentina

Cresce a demanda por carne de frango e suína em Posadas, na Argentina

“No total mais ou menos nós argentinos consumimos 110 kg de carne por ano e agora caiu para 47 kg, segundo os últimos dados que são de 2021”, disse Mariela Bernardi, administradora do Mercado Concentrado Posadas.

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade