Alltech SI
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Pesquisa e Inovação

Cooperativa A1 e Agroceres PIC investem em Centro de Pesquisa e Inovação

Voltada a inovação tecnológica, a unidade será responsável pela realização de experimentos e validações, em escala comercial e condições brasileiras de produção, em diferentes áreas da produção de suínos.

Redação
04-Nov-2021 08:10

Reconhecida como uma das cooperativas mais arrojadas do agronegócio brasileiro, a Cooperativa A1 acaba de construir, em parceria com a Agroceres PIC, um Centro de Pesquisa e Inovação. Instalada no município de Iporã do Oeste (SC), a 57 km de Palmitos, sede da cooperativa, a unidade foi inaugurada ontem (03/11) e será usada como base para a realização de experimentos e validações nas áreas de genética, nutrição, manejo e equipamentos, na fase de crescimento dos suínos.

Um dos grandes diferenciais do centro experimental está na dimensão de suas instalações. São ao todo três galpões com capacidade para alojar 1.800 suínos. Construída a partir de rigorosos padrões ambientais, de segurança sanitária e bem-estar animal, a unidade conta com sistema automatizado de alimentação dos animais e equipamentos de última geração. Robusta, essa infraestrutura vai permitir a realização de análises, experimentos e validações em escala comercial, o que confere grande precisão às informações, e o mais importante, em condições brasileiras de produção.

“A Cooper A1 sempre foi uma cooperativa associada à inovação. A construção desta unidade experimental não só confirma essa percepção, como ressalta a importância que o desenvolvimento e adoção de novas tecnologias têm para a cooperativa”, afirma Paulo Costacurta, diretor de Pecuária da Cooper A1.“A partir de agora, o centro será um dos pilares da inovação em nossa área de suínos e vai nos permitir oferecer aos produtores associados tecnologias, produtos e manejos devidamente testados e validados, aptos a gerar benefícios zootécnicos e econômicos”. 

Centro experimental de referência

Segundo Amanda Pimenta Siqueira, gerente de Serviços Técnicos da Agroceres PIC, o Centro de Pesquisa e Inovação Cooper A1 foi planejado para ser uma referência na investigação e validação de tecnologias, manejos e produtos na fase de crescimento de suínos.

Voltada a inovação tecnológica, a unidade será responsável, por exemplo, por avaliar a eficiência de dietas com distintos níveis nutricionais, a efetividade de diferentes tipos de comedouros e bebedouros, analisar a performance de animais com diferentes índices genéticos, além, é claro, de testar e validar tecnologias e novas formas de manejo, sempre com vistas a assegurar ganhos produtivos e econômicos para todo sistema suinícola da cooperativa, fortalecendo os ganhos e a competitividade de seus integrados.

“O Centro de Pesquisa e Inovação Cooper A1 será uma referência dentro e fora da cooperativa. Na unidade experimental será possível realizar um amplo leque de avaliações, em diferentes áreas, com rigor científico, em escala comercial e condições brasileiras de produção. Essa estrutura nos permitirá gerar um grande volume de informações, de alta precisão e confiabilidade, o que nos ajudará não apenas a potencializar o desempenho zootécnico e econômico dos animais no campo, mas também a estabelecer recomendações técnicas aplicáveis a toda a suinocultura brasileira”, completa Amanda.

O centro experimental da Cooperativa A1 vai contar com o apoio de uma equipe de quatro profissionais exclusivamente dedicados. Todos os experimentos e validações serão coordenados pela equipe de Serviços Técnicos da Agroceres PIC.

Estreitando a parceria

Para Sandro Cardoso de Moura, gerente de Desenvolvimento de Negócios da Agroceres PIC, a construção da unidade experimental fortalece ainda mais a parceria com a Cooperativa A1 e reafirma o pensamento arrojado e o caráter inovador das duas empresas.

“A Cooper A1 é uma cooperativa muito dinâmica e inovadora. Eles têm uma clareza muito grande sobre o que querem e estão constantemente investindo, buscando algo diferente, novas formas de fazer mais e melhor, sempre”, observa Cardoso. “Essa cooperação técnica reflete muito esse apreço pela inovação tecnológica. A Cooper A1 é uma cooperativa que trabalha forte para potencializar os resultados zootécnicos e econômicos de seu sistema produtivo e, principalmente para gerar oportunidades para seus integrados. Estamos muito satisfeitos por mais essa parceria”, afirma o gerente da Agroceres PIC.

Assuntos do Momento

População da Coreia do sul paga 20% a mais pela carne suína em meio ao aumento dos custos dos grãos
23 de Maio de 2022
Mercado Externo

População da Coreia do sul paga 20% a mais pela carne suína em meio ao aumento dos custos dos grãos

A inflação ao consumidor da Coreia do Sul acelerou muito mais do que o previsto e atingiu uma alta de mais de 13 anos em abril

Exportações de carne suína somam US$ 78,4 mil na parcial de maio
20 de Maio de 2022
Balança Comercial

Exportações de carne suína somam US$ 78,4 mil na parcial de maio

Em comparação com o mesmo período de 2021 valor por média diária é 30,8% menor. Valor pago por tonelada embarcada também apresenta queda

Em Honduras, importação de carne suína aumenta mais de 50%
25 de Maio de 2022
Mercado Externo

Em Honduras, importação de carne suína aumenta mais de 50%

A indústria de transformação e os fabricantes de embutidos preveem alta de preços para o segundo semestre devido ao aumento dos custos de produção

Média de preço da carne suína na parcial de maio está acima da de abril
26 de Maio de 2022
Mercado Interno

Média de preço da carne suína na parcial de maio está acima da de abril

Segundo pesquisadores do Cepea, no geral, os valores do produto negociado no atacado da Grande São Paulo iniciaram este mês em forte elevação, influenciados pelas aquecidas demandas interna e externa

Bacon e frango não ficarão mais baratos tão cedo
23 de Maio de 2022
Mercado Global

Bacon e frango não ficarão mais baratos tão cedo

Produtores em todo o mundo com mais de 40 bilhões de porcos, vacas, búfalos, ovelhas, cabras e aves enfrentam preços quase recordes para ração animal

25 de Maio de 2022
Mercado Externo

Produção de carne suína da União Europeia cai no início de 2022

Nos dois primeiros meses do ano, o bloco produziu 3,8 milhões de toneladas de carne suína, 3% menos do que no ano anterior, com 40,5 milhões de suínos abatidos, uma queda de 2%

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade