Guia Gessulli
08-Jul-2019 08:40
Comemorações

Cooperativas celebram dia internacional do cooperativismo

Data é comemorada em mais de 100 países no primeiro sábado do mês de julho

Em mais de 100 países ao redor do mundo será celebrado, neste sábado (06/07), o Dia Internacional do Cooperativismo. No Brasil, a comemoração ocorre junto com as ações festivas e sociais do Dia C – o Dia de Cooperar. Somente no Paraná, 167 cooperativas estarão desenvolvendo atividades de cooperativismo e voluntariado. O Sistema Ocepar também celebrou a data realizando a reunião mensal de diretoria nesta quinta-feira (04/07), na sede do governo do Estado, no Palácio do Iguaçu, em Curitiba, com a presença do governador Ratinho Júnior e secretários de Estado. “Nós temos total diálogo com o atual governo, participamos de projetos em conjunto, apresentamos nossas reivindicações sempre que é necessário. Então, a reunião desta quinta foi um encontro comemorativo ao 97º Dia Internacional do Cooperativismo, em que pudemos apresentar ao governo o que o cooperativismo do Paraná representa para a economia do estado”, disse o presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken.

O Dia Internacional do Cooperativismo é comemorado sempre no primeiro sábado do mês de julho. A data foi instituída oficialmente pela Aliança Cooperativa Internacional (ACI) em 1994, com o propósito de promover a confraternização de todos os povos ligados ao setor. Desta vez, o tema escolhido pela ACI para marcar a passagem do Dia Internacional é “Cooperativas em prol do trabalho decente”. A escolha levou em conta a crescente desigualdade vivenciada atualmente, o aumento da insegurança no emprego e altos níveis de desemprego, particularmente entre os jovens. Assim, de acordo com a ACI, o tema deste ano visa apoiar o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) número 8: “Desenvolvimento inclusivo e trabalho decente”. Ainda segundo a Aliança, como empresas centradas nas pessoas e atores-chave do desenvolvimento, as cooperativas têm um papel importante a desempenhar na criação de empregos decentes e no empoderamento econômico e social das comunidades locais. As cooperativas em todo o mundo empregam ou são a principal fonte de renda para mais de 279 milhões de pessoas – quase 10% do total de todos os postos de trabalho do planeta.

Em sua mensagem, Ricken, destaca que: “Em sintonia com a reflexão que o tema promove, o cooperativismo paranaense demonstra sua força e importância econômica e social para o Paraná e o Brasil. Neste ano, as cooperativas paranaenses superaram a marca histórica de 100 mil empregos diretos gerados”. 

Atualmente, o Sistema Ocepar possui 220 cooperativas registradas em sete ramos de atuação: agropecuário, crédito, saúde, transporte, infraestrutura, consumo e produção de bens e serviços. Juntas, essas organizações cooperativas somaram em 2018, R$ 83,7 bilhões de faturamento, montante que equivale a 17,9 % do PIB do Estado do Paraná. Possuem mais de 1,8 milhão de cooperados. Estima-se que mais de 3,8 milhões de pessoas estejam ligadas, direta ou indiretamente, ao cooperativismo do Paraná.

Dos 399 municípios do nosso estado, em 130 as cooperativas são as principais empresas, gerando emprego, renda e distribuindo riquezas. Em mais de 70 municípios, as nossas cooperativas de crédito são a única instituição financeira. São indicadores que demonstram o quanto o cooperativismo hoje faz parte da vida das pessoas. Segundo Ricken, “precisamos dar continuidade ao trabalho de representação, defesa e fomento para que nossas cooperativas tenham um ambiente favorável e continuem crescendo e desenvolvendo as regiões em que atuam”, disse.

A opção do cooperativismo é pelo desenvolvimento das pessoas e comunidades de seu entorno. Um trabalho que resulta na geração de emprego e renda, dinamização das economias locais, acesso a serviços de crédito e saúde, e apoio à formação profissional. Também são ações prioritárias no cotidiano das cooperativas, os investimentos em projetos de agregação de valor (agroindustrialização), diversificação da produção e novas tecnologias, bem como atividades e capacitações para melhorar os processos produtivos e de prestação de serviços aos cooperados.

A confiança nesse modelo de organização econômica fez com que mais de 295.721 mil pessoas se associassem às cooperativas paranaenses, em 2018. A credibilidade do Sistema Cooperativo, construída com trabalho, profissionalismo, oferta de produtos de qualidade, e investimentos nos mercados consumidores, se confirmou em recente pesquisa de opinião feita pelo Instituto Datacenso, em que 96% dos entrevistados aprovaram a qualidade e o preço justo dos produtos das cooperativas.

As 61 cooperativas agropecuárias do Paraná encerraram o exercício de 2018 com R$ 70,4 bilhões de faturamento. Estima-se que 77% dos associados às cooperativas agropecuárias do Paraná são pequenos e médios produtores (área de até 50 hectares). Outro dado que evidencia a importância das cooperativas agropecuárias é a sua infraestrutura de armazenagem da produção, a qual representa 54% da capacidade estática de armazenagem do Estado, ou seja, as cooperativas têm capacidade para armazenar 16,5 milhões de toneladas de grãos. Na área ambiental, além de programas educativos, a prática do desenvolvimento sustentável é feita através de projetos de recuperação da vegetação ao longo de rios (mata ciliar) e nascentes de água, tratamento de efluentes, coleta seletiva de lixo, reflorestamento, geração de energia limpa, entre outras ações. Os investimentos em agroindustrialização vêm transformando o Paraná de exportador de matérias-primas para exportador de bens de consumo. Atualmente, cerca de 48% da produção primária do cooperado passa por processos de transformação e agregação de valor.

 

Curiosidades - Alguns dados curiosos sobre o cooperativismo no mundo:

- 92% da exploração mineral na Bolívia é feita por cooperativas

- A maior rede bancária da França, o Credit Agricole, é uma cooperativa e detém 59 milhões de clientes e 24% do mercado francês

- 80% de todos os fertilizantes produzidos na Índia vem de cooperativas

- Em Israel, uma cooperativa possui a maior rede de supermercados

- 92% de todo alimento produzido no Japão vem de uma central de cooperativas

- 98% da produção de leite da Nova Zelândia tem origem nas cooperativas

- 95% do leite produzido no México vem de cooperativas

 

 

INDICADORES DO COOPERATIVISMO

PARANÁ

· Nº de cooperativas: 220

· Nº de cooperados: 1,8 milhão

· Nº de empregados: 101.228

· Faturamento: R$ 83,7 bilhões

· Impostos e tributos recolhidos: R$ 2 bilhões

· Exportações: US$ 3,6 bilhões

 

BRASIL

· Nº de cooperativas: 6.828

· Nº de cooperados: 14,6 milhões

· Nº de empregados: 425,3 mil

· Faturamento: R$ 259,9 bilhões

· Impostos e tributos recolhidos: R$ 7 bilhões

 

 

Sistema Ocepar
Deixe seu Recado