Mayekawa SI
10-Jun-2019 10:20
Insumo

Cotações do milho voltam a recuar neste início de mês

De acordo com Cepea compradores se mostram abastecidos e, por isso, postergam novos negócios

Dados divulgados nesta segunda-feira (10/06) pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) mostram que após o forte movimento de alta dos preços na segunda quinzena de maio, o enfraquecimento da demanda tem limitado as elevações neste início de junho – ou até mesmo pressionado os valores – em algumas regiões.

Segundo colaboradores do Cepea, compradores se mostram abastecidos e, por isso, postergam novos negócios, à espera da entrada efetiva do milho da segunda safra. Do lado da oferta, o avanço da colheita nas principais regiões produtoras eleva a disponibilidade interna e pressiona as cotações.

Alguns vendedores, no entanto, aguardam maior definição sobre a safra norte-americana – diante do atraso no semeio de milho nos Estados Unidos, esses vendedores mantêm a expectativa de aumento das exportações brasileiras e, consequentemente, de novas reações nos preços internos. Entre 31 de maio e 7 de junho, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa, região de Campinas (SP), recuo de 3,5%, fechando a R$ 37,19/saca de 60 kg na sexta-feira, 7.

Redação AI/SI
Deixe seu Recado