AveSui2021
18-Nov-2020 11:24
Saúde Única

Covid-19: O chefe da vacina Pfizer é um veterinário

CEO começou carreira na empresa em 1993 na Divisão de Saúde Animal (que mais tarde se separou para formar a Zoetis)

O veterinário grego Albert Bourla é CEO da Pfizer desde 2019, empresa que anunciou os melhores resultados de eficácia em uma vacina contra o coronavírus, com eficácia de mais de 90%.

A farmacêutica Pfizer divulgou nesta segunda-feira, 9 de novembro, os resultados provisórios dos estudos de eficácia da vacina que está a desenvolver para o enfrentamento do coronavírus, garantindo que tudo parece indicar que a sua eficácia é superior a 90%.

A novidade foi bem recebida pelos mercados internacionais com fortes aumentos, aliás o IBEX 35 marcou uma alta de mais de 8%, a maior em uma década. Essa euforia foi desencadeada depois que Albert Bourla, veterinário grego e CEO da empresa, explicou em uma carta o sucesso dos primeiros testes.

Desta forma, surgiu um veterinário como chefe da empresa que deu uma das melhores notícias desde o início da pandemia, pois até agora os demais projetos de vacinas tinham taxas de eficácia muito menores, e a própria US Food and Drug Administration (FDA), ciente da dificuldade de desenvolvimento da vacina, fixou o limite necessário para dar sua autorização em 50%.

“Tenho o prazer de compartilhar com vocês que a Pfizer e nosso parceiro BioNTech anunciaram resultados de eficácia positivos de nosso estudo de fase 3, estágio intermediário de nossa vacina potencial Covid-19. A vacina candidata foi considerada mais de 90% eficaz na prevenção de Covid-19 em participantes sem evidência de infecção anterior de SARS-CoV-2 na primeira análise de eficácia provisória ”, comemorou.

Bourla explicou que esses resultados demonstram que sua vacina baseada em mRNA pode ajudar a prevenir Covid-19 na maioria das pessoas que a recebem. "Isso significa que estamos um passo mais perto de dar às pessoas em todo o mundo um avanço muito necessário para ajudar a acabar com esta pandemia global", disse ele.

 

UM SALTO DA SAÚDE ANIMAL PARA A SAÚDE HUMANA

Bourla, um veterinário da Aristotle University, trabalhou na Pfizer por mais de 25 anos e ocupou vários cargos globais de alto nível. Assim, antes de assumir o cargo de CEO em janeiro de 2019, exerceu as funções de diretor de operações desde 2018.

Ao longo de sua carreira, o veterinário ocupou cargos intimamente relacionados ao desenvolvimento de vacinas, pois entre fevereiro de 2016 e dezembro de 2017 atuou como presidente do grupo 'Pfizer Innovative Health', que incluía algumas áreas comerciais, incluindo a de vacinações

Além disso, de janeiro de 2014 a janeiro de 2016, Bourla foi presidente da área de negócios de vacinas globais, oncologia e saúde do consumidor da Pfizer, onde foi fundamental para construir uma posição forte e competitiva em oncologia e expandir da liderança da empresa em vacinas.

O CEO da Pfizer começou sua carreira na empresa em 1993 na Divisão de Saúde Animal (que mais tarde se separou para formar a empresa de saúde animal Zoetis) como Diretor Técnico para a Grécia. Posteriormente, ele gradualmente assumiu posições de responsabilidade crescente dentro da saúde animal em toda a Europa, antes de se mudar para a sede mundial da Pfizer em Nova York em 2001.

A partir daí, assumiu uma sucessão de cargos de liderança na divisão de saúde animal, tornando-se presidente da área de saúde animal na Europa, África e Oriente Médio. Em 2009, ele assumiu responsabilidades adicionais para as regiões da Ásia-Pacífico.

Via VetSapiens
Deixe seu Recado