Basf SI
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Segundo maior do mundo

Dália Alimentos fecha negociações para levar o museu do suíno para Encantado

É o segundo maior acervo com peças relacionada a suinocultura do mundo

Redação com informações de Jornal Força do Vale
28-Jun-2022 09:11

O mês de junho foi marcado pelas comemorações dos 75 anos da Dália Alimentos. Após o jantar comemorativo do aniversário, onde foram entregues os prêmios do projeto cultural pelos presidentes e conselheiros de administração aos vencedores de cada um dos dez municípios escolhidos. A premiação contemplou alunos das categorias desenho, desenho mais frase e texto, incluindo os professores orientadores das crianças. 

Segundo maior do mundo

Conforme o Presidente do Conselho de Administração, Gilberto Piccinini, “A Dália, por ser o maior abate de suínos do Estado, fechou as negociações para trazer o museu do suíno para Encantado. Um acervo fantástico! Com mais de 32 mil peças, é o segundo maior do mundo”, destaca. A coleção contará com peças, publicações, equipamentos, animais empalhados e referências da suinicultura ao longo da história.

O aglomerado foi doado à cooperativa por uma família, em função da sua relevância para o Estado e no Brasil. “Isto mostra a força institucional que a Dália tem e sua importância ao longo de sua história. Isto tem marcado muito positivamente estes acontecimentos. Digamos que este é mais um presente de aniversário para uma cooperativa que tem sete décadas e meia de trabalho, esforço e dedicação, promovendo o desenvolvimento econômico e social”, coloca o presidente.

O maior museu do mundo neste ramo se localiza na Alemanha, em Stuttgart. 

“A história de uma instituição se faz ao longo dos anos. Com legados importantes, o reconhecimento vem naturalmente – e são muito bem vindos”, finaliza Piccinini. 

 

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade