Rainha da Paz
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Cotação

Demanda mantém preços do suíno em alta, segundo Cepea

Recuperação o poder de compra do suinocultor paulista frente ao farelo de soja, importante insumo de alimentação, que registra desvalorização

Redação com informações de Cepea
29-Abr-2021 10:56 - Atualizado em 29/04/2021 14:51

De acordo com dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, os preços do suíno vivo continuam em alta em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea. O impulso vem do bom ritmo de embarques da proteína e da reação do consumo doméstico.

Na parcial de abril (até o dia 27), o suíno vivo registra média de R$ 7,03/kg na região de SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba), alta de 5,1% sobre a de março/21. Esse movimento vem mantendo em recuperação o poder de compra do suinocultor paulista frente ao farelo de soja, importante insumo de alimentação, que, por sua vez, registra desvalorização.

Já frente ao milho, pesquisadores do Cepea alertam que o cenário segue desfavorável ao suinocultor, tendo em vista que o avanço dos preços do cereal é ainda mais intenso que o observado para o animal vivo.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade