Rainha da Paz
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
TvGessulli

DESTAQUES - As oportunidades para todas as carnes na China

Resumo semanal das notícias dos portais Avicultura Industrial e Suinocultura Industrial

Redação AI/SI
17-Mai-2019 08:16 - Atualizado em 17/05/2019 08:31

Após reunião da ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e o administrador-geral de Aduanas da China, Ni Yuefeng, o Brasil tem expectativa de 78 frigoríficos receberem autorização para exportar ao mercado chinês. Na reunião, em Pequim, ficou fechado que, dentro de uma semana, a equipe do Mapa irá encaminhar às autoridades chinesas informações finais sobre os estabelecimentos (de carnes bovina, suína e de aves), já que os formulários preenchidos pelas empresas estão sendo revisados.

Nos quatro primeiros meses deste ano, as exportações do agronegócio somam US$ 30,42 bilhões, em alta de 0,2% em relação aos US$ 30,35 bilhões exportados no mesmo período de 2018. A oscilação positiva ocorreu em função da elevação do índice de quantum das exportações, que subiu 5,9%, enquanto o índice de preço cedeu 5,4%.

Nas duas primeiras semanas de maio as exportações de carne de frango já somam 144,3 mil toneladas enviadas ao exterior. Com sete dias úteis a média diária de embarque foi de 20,6mil toneladas, valor 38% maior que a média registrada em abril. Já em relação a maio de 2018 o crescimento de embarques diários foi de 37,6%, visto que a média do período era 15 mil toneladas.

E maio começou com bom desempenho nas exportações de carne suína in natura. Nestas duas primeiras semanas do mês o total embarcado foi de 22,8 mil toneladas, um montante de US$ 50,6 milhões. Com sete dia úteis a média diária ficou em 3,3 mil toneladas,  34% maior que a média para o mês de abril que foi de 2,4 mil toneladas diárias. Em comparação com maio de 2018 a média diária embarcada foi quase 67% maior, visto que naquele período eram enviados ao mercado externo 2,0 mil toneladas por dia.

De acordo com o relatório desse primeiro quadrimestre do Rabobank, as perdas  nos rebanhos de suínos da China devido a Peste Suína Africana (PSA) devem levar a um déficit de 16 milhões de toneladas de carne suína até o final de 2019. Até a China controlar a doença e ser capaz de reconstruir os plantéis será preciso olhar para outras fontes de proteína para atender as necessidades dos consumidores. A China precisará expandir sua produção de outras proteínas e aumentar as exportações num esforço para preencher as lacunas. Esta é uma oportunidade para as cooperativas brasileiras de aves e suínos.

E o IBGE divulgou seus dados trimestrais de pecuária nesta semana. Na avicultura, o abate de frangos caiu 2% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2018. Foram abatidos 1,45 bilhão de cabeças de frangos. O número representa um aumento de 2,3% em relação ao trimestre imediatamente anterior, mas queda de 2,0% na comparação com o mesmo período de 2018.

Já a produção de ovos de galinha foi de 908,43 milhões de dúzias no 1º trimestre de 2019. O resultado representou retração de 3,0% em relação ao 4° trimestre de 2018. Por outro lado, o montante representa um aumento de 5,6% em comparação à produção do mesmo trimestre do ano anterior.

O abate de suínos, por sua vez, totalizou 11,27 milhões de cabeças no primeiro trimestre de 2019. O volume de animais abatidos, segundo o instituto, representa aumento de 0,7% em relação ao trimestre imediatamente anterior. Já na comparação com o mesmo período de 2018, houve um crescimento de 5,2%.

Assuntos do Momento

11 de Maio de 2021
Mercado

Produção de suínos na China deve crescer 19% em 2021

Segundo Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China (MARA), a expansão agressiva da capacidade de fazendas de grande escala em 2020 gerou um aumento estimado no abate de suínos para a China

Novos recursos na economia beneficiam o consumo de suínos
10 de Maio de 2021
Economia

Novos recursos na economia beneficiam o consumo de suínos

No momento, restam ainda mais de R$ 9 bilhões em recursos para serem contratados no Plano Safra 2020/2021

Análise de Mercado - Frango em alta e preço do suíno cai em três estados
10 de Maio de 2021
Mercado

Análise de Mercado - Frango em alta e preço do suíno cai em três estados

Entre os dias 03 e 07 de maio, o preço do frango vivo eleva sua cotação, com exceção de MG que mantém o valor estável. Suíno vivo teve queda de 1,11% em SC, 2,54% no PR e 2,12% no RS

Disponible en español Disponible en español
Na Colômbia carne de porco começa a faltar nos lares
11 de Maio de 2021
América Latina

Na Colômbia carne de porco começa a faltar nos lares

A produção diária na Colômbia é de 1.300 toneladas de carne suína e devido aos efeitos da greve nacional, 720 toneladas / dia deixaram de ser produzidas e comercializadas

Preços do suíno vivo e da carne se enfraquecem, aponta Cepea
13 de Maio de 2021
Mercado

Preços do suíno vivo e da carne se enfraquecem, aponta Cepea

Segundo estudos, a venda de carne no mercado doméstico está enfraquecida

Disponible en español Disponible en español
Greve Nacional na Colômbia com risco de desnutrição em fazendas de suínos
13 de Maio de 2021
Sanidade

Greve Nacional na Colômbia com risco de desnutrição em fazendas de suínos

O presidente da PorkColombia afirmou que em algumas fazendas do país estão contando as horas para iniciar o abate em massa porque não há comida para os porcos

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade