Guia Gessulli
25-Set-2020 09:42 - Atualizado em 25/09/2020 10:06
TvGessulli

Destaques - Peste Suína Africana se espalha pela Alemanha e volta às Filipinas

Um resumo das principais notícias dos portais Avicultura Industrial e Suinocultura Industrial

Alemanha confirmou mais 12 casos de Peste Suína Africana em javalis. Com isso, já são 32 os casos confirmados desde 10 de setembro. Todas as confirmações foram de animais selvagens e todos na área de Brandemburgo. Nenhum animal de fazenda comercial estava envolvido. A China e uma série de outros compradores proibiram as importações de carne suína alemã este mês, após a confirmação do primeiro caso. No ano passado, a China foi o principal mercado de exportação de carne suína alemã fora da União Europeia.

A PSA não é perigosa para os humanos, mas é fatal para os suínos. Atualmente, um grande surto está em andamento na China, o maior produtor mundial de carne suína, o que levou ao abate de centenas de milhões de animais. E no último mês de agosto, as importações de carne suína da China dobraram em relação ao ano passado. Foram 350 mil toneladas. O número, no entanto, é menor que o de julho, quando o país recebeu 430 mil toneladas de carne de outros países produtores.

E a PSA continua a se alastrar pela Ásia. As Filipinas informaram nesta semana que o país está vivendo uma segunda onda de contaminações. O país agora projeta ampliar as importações de proteína suína para abastecer seu mercado interno. O departamento de agricultura das Filipinas projeta um déficit doméstico de suínos de 121.000 toneladas até o final do ano.

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio cresceu 5,26% no primeiro semestre de 2020 na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), e o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). O principal destaque foi o segmento primário (dentro da porteira), com variação de 14,91% no acumulado de janeiro a junho, seguido por serviços (4,76%) e insumos (1,69%).

A C.Vale vai construir uma indústria para esmagamento de soja em Palotina. O presidente da cooperativa, Alfredo Lang, e o governador do Paraná, Ratinho Júnior, assinaram, no dia 23 de setembro, em Curitiba, protocolo prevendo tratamento fiscal diferenciado que resultará no novo empreendimento. A nova planta industrial terá capacidade para processar 2.500 toneladas de soja por dia, com possibilidade de ampliação para até 3 mil toneladas/dia. Lang revelou que a nova estrutura exigirá investimentos de R$ 552 milhões em oito anos. Ele explicou que, numa primeira etapa, a indústria produzirá farelo de soja para a produção de rações.

Os avicultores de postura estão com o poder de compra reduzido. As cotações do milho e do farelo de soja, os principais insumos consumidos na avicultura de postura, se valorizaram de maneira mais intensa. Segundo o Cepea, na parcial de setembro, os preços dos ovos registram leve aumento frente a agosto, mas as cotações não se sustentaram.

Redação
Deixe seu Recado