Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Bacon

Dez coisas que a Ciência já sabe sobre o bacon

Exame
19-Jan-2015 09:11 - Atualizado em 20/04/2016 14:54

Bem cotado
Dono de uma grande legião de fãs, o bacon já foi alvo de diversos estudos no mundo da ciência. Esses trabalhos abordam aspectos que vão do consumo do alimento a seus efeitos para a saúde. Confira alguns deles.

Sangramentos
O bacon é um santo remédio para... sangramentos no nariz. A descoberta inusitada é fruto de um estudo da universidade americana de Stanford. De acordo com o trabalho, a alta concentração de sal do bacon causa um inchaço que diminui o fluxo sanguíneo no nariz e ajuda na coagulação do sangramento. A questão é: você teria coragem?

Gravidez
Se você está grávida e quer ter um menino, coma bacon. De acordo com um estudo da universidade americana do Missouri, consumir esse e outros alimentos calóricos no início da gravidez aumenta as chances de dar a luz a um bebê do sexo masculino. Aparentemente, dietas ricas em gordura estimulam nas grávidas alterações genéticas nesse sentido.

Cheiro
O cheiro do bacon frito foi alvo de um estudo realizado por pesquisadores da universidade espanhola de Estremadura. Comparando o bacon com outros pedaços do porco, eles descobriram que a maior concentração de dois compostos de nitrogênio (piridinas e pirazinas) nessa parte da carne do suíno é a principal razão para o odor característico do bacon na chapa.

Bicheira
A miíase furuncular (ou bicheira) é causada pela infecção da pele por larvas de mosca-varejeira (Dermatobia hominis). Caracterizada por furúnculos e outros problemas, essa infecção pode ser curada com a ajuda do... sim, ele mesmo: o bacon. De acordo com um estudo da universidade de Massachussets, aplicar o alimento por 3 horas na pele facilita a remoção das larvas.

Câncer
Quem come duas fatias de bacon por dia tem 19% mais chances de desenvolver câncer de pâncreas do que quem não come o alimento com a mesma frequência. A descoberta é de cientistas suecos do Instituto Karolinska. Eles chegaram a essa descoberta depois de analisar dados de mais de 6 mil pessoas disponíveis em 11 diferentes estudos.

Sarna
Cinquenta e uma crianças com sarna participaram de um estudo da universidade do México. Nele, 26 delas foram tratadas com um creme adequado e outras 25 com... isso mesmo: bacon. No fim, o creme curou 100% das crianças - contra 88% do bacon. Porém, o custo do creme usado é 238 vezes maior do que o preço do bacon.

Extinção
Você sabia que o bacon corre risco de "extinção"? Quem afirma é a Associação Nacional de Porcos da Grã-Bretanha. Em nota divulgada em 2012, a entidade alertava para as secas nos Estados Unidos. Por encarecerem a produção de alimentos dados aos suínos (como milho e soja), esses fenômenos climáticos poderiam inviabilizar a produção de porcos e, consequentemente, de bacon.

Executivos
O consumo de bacon entre os executivos brasileiros cresceu entre 2011 e 2012. O dado é da Omint. Num levantamento realizado com cerca de 4.100 profissionais durante esse período, a operadora de saúde constatou que a porcentagem de participantes que comiam o alimento com alta ou média frequência subiu de 24% em 2011 para 29% em 2012.

Google
E quando você pensa que já viu de tudo, surge esta pesquisa da Rapleaf. A partir de um levantamento envolvendo dados de 6 mil funcionários do Google e 16 mil da Microsoft, a empresa descobriu que o consumo de bacon é mais frequente entre o pessoal da primeira empresa do que entre os trabalhadores da segunda. Dá para acreditar?

Assuntos do Momento

Colheita de soja na Argentina alcança 64,9% da área apta; de milho atinge 25,8%
13 de Maio de 2022
América Latina

Colheita de soja na Argentina alcança 64,9% da área apta; de milho atinge 25,8%

O rendimento médio nacional está em 3.010 quilos por hectare, e a estimativa de produção foi mantida em 42 milhões de toneladas. 

Com a chegada da frente fria, valor do milho sobe e deixa produtores em alerta no Brasil
16 de Maio de 2022
Insumos

Com a chegada da frente fria, valor do milho sobe e deixa produtores em alerta no Brasil

Os valores do milho voltaram a subir na semana passada, interrompendo, portanto, o movimento de queda diária consecutiva que vinha sendo verificado desde o encerramento de abril

Estimativa da Anec para exportação de soja em maio aumenta para 11,4 mi de toneladas e de milho para 1,2 mi de toneladas
18 de Maio de 2022
Insumos

Estimativa da Anec para exportação de soja em maio aumenta para 11,4 mi de toneladas e de milho para 1,2 mi de toneladas

A previsão é de que sejam enviados 11,483 milhões de toneladas de soja em grãos, ante as 10,615 milhões de toneladas projetadas na semana passada. 

Exportação da soja paraense cresce 124%; alimentação de suínos na China é principal destino
17 de Maio de 2022
Exportações

Exportação da soja paraense cresce 124%; alimentação de suínos na China é principal destino

Percentual de crescimento é um comparativo do período de janeiro abril de 2022 ao mesmo quadrimestre do ano passado

Valorização do dólar aumenta preço da soja no Brasil
16 de Maio de 2022
Insumos

Valorização do dólar aumenta preço da soja no Brasil

Segundo pesquisadores do Cepea, a valorização do dólar frente ao Real atraiu importadores para o Brasil, resultando em aumentos no prêmio de exportação e nos preços domésticos da soja

BRF lança projeto piloto para reaproveitamento de resíduos em filiais de grãos
12 de Maio de 2022
ESG

BRF lança projeto piloto para reaproveitamento de resíduos em filiais de grãos

Iniciativa está em sintonia com a agenda ESG da Companhia e com seu compromisso de gestão sustentável da cadeia

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade