Rainha da Paz
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Cotação

Dólar abre em alta, mas caminha para queda na semana

Na quinta-feira, a moeda norte-americana recuou 0,41%, a R$ 5,3370

Redação com informações de G1
30-Abr-2021 09:11 - Atualizado em 30/04/2021 09:53

O dólar abriu em alta nesta sexta-feira (30), mas caminhando para fechar o mês de abril com queda de quase 5%.
Às 9h07, a moeda norte-americana subia 0,25%, vendida a R$ 5,3506. Veja mais cotações.

Na quinta-feira, o dólar fechou em queda de 0,41%, a R$ 5,3370 – menor patamar de fechamento desde 26 de janeiro (R$ 5,3258). Na parcial do mês, a queda acumulada é de 5,16%.

Com a valorização recente do real nas últimas sessões, a moeda brasileira reduziu as perdas no ano para 2,89%.

O dólar ampliou as perdas durante a semana depois que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) indicou não haver pressa para reduzir estímulos em curso e adotados inicialmente no ano passado para proteger a economia dos efeitos da pandemia, o que reduziu os rendimentos dos títulos do Tesouro norte-americano.

Na prática, mais dinheiro barato nos EUA significa mais liquidez que pode migrar para países como o Brasil, aumentando a oferta de dólar por aqui e, consequentemente, baixando o preço da moeda.

No exterior, dados mostraram que o crescimento da atividade industrial da China desacelerou e ficou abaixo das expectativas em abril, uma vez que gargalos de oferta e aumento dos custos pesaram sobre a produção e a demanda externa perdeu força. Na Europa, a economia da zona do euro caiu 0,6% no 1º trimestre de 2021, entrando novamente em recessão técnica.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade