Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Economia

Dólar abre em queda após disparada na véspera

Na segunda-feira (19), a moeda norte-americana encerrou a sessão em alta de 2,63%, cotada a R$ 5,2501

Redação com informações de G1
20-Jul-2021 09:18

O dólar opera em queda nesta terça-feira (20), após registrar forte alta na véspera, em meio à aversão ao risco no exterior diante do aumento nos casos globais de Covid-19.

Às 9h02, a moeda norte-americana recuava 0,13%, a R$ 5,2434.

Na segunda-feira, o dólar fechou em alta de 2,63%, vendido a R$ 5,2501. É o maior patamar de fechamento desde 8 de julho (R$ 5,2561). No mês, a divisa tem avanço de 5,58%. No ano, passou a acumular alta de 1,21%.

Cenário

No exterior, o dia indica recuperação após os abalos da véspera. Permanece, no entanto, a cautela em vários países no mundo, diante do aumento constante de novos registros de Covid-19 onde até então a epidemia estava mais contida.

O possível impacto econômico de novos lockdowns nesses locais e alguma perda de força nas projeções mais otimistas para o EUA pegam investidores já em dúvida sobre como o banco central norte-americano (Fed) lida com inflação mais alta em paralelo a uma robusta concessão de estímulos. No pior dos cenários do mercado está uma estagflação - baixo crescimento econômico com preços mais altos.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade