AveSui2021
19-Nov-2020 09:25 - Atualizado em 19/11/2020 09:41
Inscrições gratuitas

É AGORA: Evonik apresenta os impactos da inovação tecnológica na nutrição animal

Webinar gratuito aponta como uso do ácido guanidinoacético otimiza custos e melhora desempenho de aves e suínos

Como melhorar o desempenho de aves e suínos com nutrição eficaz? A resposta da Evonik é a inovação tecnológica com o uso de ácido guanidinoacético adicionado à alimentação animal. Esse é o tema do webinar que será apresentado pela empresa no dia 19 de novembro, às 10h, com transmissão pelo Zoom. Para acompanhar, basta clicar no link https://zoom.us/j/93749231633.

Os palestrantes são os gerentes técnicos de Serviços da Evonik, Patrícia Tomazini e Henrique Brand. Segundo ele, o público aprenderá sobre mais uma estratégia nutricional para suprir a demanda por creatina para ótimo desempenho de aves e suínos, aumentando a eficiência e a eficácia da nutrição e otimizando os custos de produção animal.

Ao lado do gerente de Produto para Sustainable Health Nutrition na Evonik, Rodrigo Galli, eles contam que a creatina desempenha um papel central no metabolismo de energia, especialmente em células musculares ou nas fases em que o animal tem maior demanda por energia.

“Indiretamente, a creatina melhora a eficiência de vários processos biológicos (por exemplo, síntese e deposição de proteínas, contração muscular, metabolismo celular e homeostase de íons) em todas as células que requerem energia na forma de ATP”, apontam.

Como precursor da creatina, o ácido guanidinoacético (GAA) é sintetizado a partir da arginina e da glicina nos rins, que também é produzido naturalmente no corpo. No fígado, o GAA é então convertido em creatina e finalmente transportado para os tecidos-alvo (principalmente células musculares).

Os gerentes da Evonik lembram que nos animais de rápido crescimento se estima que somente cerca de dois terços da necessidade diária de creatina sejam atendidas pela síntese do próprio corpo. “O restante precisa ser fornecido mediante adição ao alimento. Lembrando que os ingredientes de origem vegetal não fornecem creatina e as farinhas de origem animal apresentam alta variabilidade na composição desse nutriente”, comentam.

OS IMPACTOS DO USO DO ÁCIDO GUANIDINOACÉTICO

Os benefícios do GuanAMINO® para aves e suínos são comprovados por diversos testes realizados com clientes no Brasil e no mundo e com universidades de renome.

Segundo eles, para frangos de corte é possível reduzir 50 kcal da dieta com a utilização do GuanAMINO de maneira muito segura e sem prejuízo no desempenho. Já para matrizes de frangos de corte, o produto tem se mostrado eficiente em manter os índices de produção de ovos e fertilidade.

“Para suínos, os nossos trabalhos mostram que o ácido guanidinoacético auxilia no incremento dos índices reprodutivos das fêmeas como maior número de leitões nascidos e maior peso ao desmame, com destaque para a alta eficiência do produto na nutrição de primíparas. A sua utilização na creche também proporciona maior ganho de peso e eficiência alimentar, índices que também são melhorados em animais de engorda”, avaliam.

SERVIÇO

Webinar Inovação tecnológica na nutrição animal: Uso GuanAMINO (ácido guanidinoacético) em aves e suínos

Quando: 19/11, às 10h

 

,
webinar

 

Redação
Deixe seu Recado