AveSui 2020
29-Nov-2019 13:34
Cooperativa

Em 24 anos, Dália Alimentos investe R$ 305 milhões em Arroio do Meio

Cooperativa está prestes a inaugurar Complexo Avícola, já possui duas unidades de lácteos, um supermercado e uma granja leiteira robotizada no município

Nascida em Encantado em 1947, a Cooperativa Dália Alimentos encontrou na cidade vizinha de Arroio do Meio a sua segunda casa. Foi em 1995 que a cooperativa encantadense, até então somente produtora de suínos, decidiu modernizar e aumentar a sua escala de produção.

Foi em Arroio do Meio que encontrou aporte para colocar em pratica os novos projetos, cujas experiências surgiram depois de viagens de conhecimento ao exterior. Há 24 anos, através de uma parceria público-privada com os Poderes Executivo e Legislativo, a Dália Alimentos investiu na primeira unidade de lácteos localizada no Bairro Aimoré. Desde então, a parceria com o município de Arroio do Meio foi evoluindo, fruto disso é o Complexo Lácteo e o Complexo Avícola, ambos localizados em Palmas, às margens da ERS-130, o primeiro inaugurado em 2014 e o outro com data marcada para inauguração em 13 do próximo mês.

Toda essa trajetória de êxito, com números relativos a investimentos, faturamento, retorno de ICMS e ganhos para a comunidade arroiomeense foram apresentados na noite da quarta-feira, dia 27 de novembro, na sede da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Arroio do Meio (ACISAM), para cerca de 200 convidados. “A Dália foi uma grande conquista para Arroio do Meio e compõe um patamar industrial excelente, é uma exceção entre as empresas, principalmente pelo fato de ser uma cooperativa com os mais variados segmentos atuando em nossa cidade: complexos para a produção de leite, supermercado, granja robotizada leiteira e, nos próximos dias, o ingresso na avicultura com a inauguração do frigorífico de aves”. E complementou: “Ter a Dália Alimentos conosco, fazendo parte de nossa economia, é uma honra, afinal, trata-se de uma empresa que gera credibilidade, emprego, renda e diversidade à cadeia produtiva empresarial”, elogiou o presidente da ACISAM, Adailton César Cé.

Números que impressionam

Os números e valores apresentados pelo presidente do Conselho de Administração da Dália Alimentos, Gilberto Antônio Piccinini e pelo presidente Executivo, Carlos Alberto de Figueiredo Freitas, chamaram a atenção da plateia que se reuniu no auditório da ACISAM constituída por empresários locais, lideranças políticas, representantes de entidades de classes locais e regionais, gerentes de divisões e funcionários da Dália Alimentos que atuam nas unidades e lojas de Arroio do Meio.

Piccinini parabenizou o município pelos 85 anos de emancipação e destacou a parte institucional da cooperativa, enfatizando o número de associados existentes no município, que totalizam 109 produtores de leite, suínos e grãos. “Hoje somos uma das cooperativas mais inovadoras do Brasil, conforme credita a própria Organização das Cooperativas do Brasil (OCB). Fomos uma das pioneiras em buscar este sistema de parceria público-privada no exterior e trouxemos para o Brasil para a execução dos negócios de forma associativa, os quais geram rentabilidade e desenvolvimento à cooperativa e também aos municípios parceiros. Acreditamos que estamos no caminho sensato e que este é o Brasil que dá certo”, explicou.

Investimento chega a R$ 305 milhões

Freitas destacou o primeiro investimento realizado pela Dália Alimentos em Arroio do Meio, a Unidade de Lácteos do Bairro Aimoré, em 1995, durante a gestão do então prefeito Paulo Steiner. Depois, em 2012, durante as administrações de Danilo Bruxel e Sidnei Eckert um dos maiores investimentos da cooperativa, o Complexo Lácteo de Palmas, em seguida o Dália Supermercados, que entrou em operação em 2014, a Granja Robotizada de Gado Leiteiro, inaugurada em 2016 e, por fim, falou do frigorífico de aves, das fábricas de farinhas e da fábrica de rações que serão inauguradas na gestão do prefeito Klaus Werner Schnack no próximo dia 13 de dezembro, na localidade de Palmas, totalizando o investimento de R$ 96 milhões.

Na totalidade, a Dália Alimentos, desde a sua trajetória no município, que teve início há 24 anos, investiu aproximadamente R$ 305 milhões – valor hoje corrigido. A projeção de incremento do valor adicionado para 2019 está em aproximadamente R$ 65 milhões, enquanto a perspectiva para 2020 é de R$ 101 milhões. Ambos, resultarão, respectivamente, na projeção anual de incremento do retorno de ICMS de mais de R$ 1 milhão (base 2019 e retorno para 2021) e projeção anual de incremento do retorno de ICMS (base 2020 e retorno em 2022) de R$ 1,7 milhão. “As parcerias público-privadas só são possíveis quando os setores privados apresentam aos poderes Executivo e Legislativo projetos bons e viáveis e quando estes municípios possuem lideranças empreendedoras e com ampla visão de desenvolvimento”.

Redação AI/SI
Deixe seu Recado