Guia Gessulli
26-Fev-2020 16:12
Revista On-line

Emergências sanitárias rondam o mundo

Confira a primeira edição de 2020 da revista Suinocultura Industrial

O mundo tem vivido um período conturbado, com a incidência de enfermidades de importância para a saúde humana e animal em centros populacionais importantes. O principal epicentro destas ocorrências têm sido a China. O gigante asiático viu seu rebanho suíno ser reduzido quase pela metade, segundo algumas estimativas, devido ao surto de Peste Suína Africana (PSA). Casos em menor intensidade de Influenza Aviária também foram registrados no país, além de toda a repercussão e impacto causado pelo Covid-19, nome dado à enfermidade causada pelo Coronavírus, responsável por infecções em humanos.

Outros países também têm notificado casos de PSA (seja em suínos domésticos ou asselvajados), Influenza Aviária (sendo os mais recentes com a cepa altamente patogênica H5N8, em aves) e Covid-19. Em termos sanitários, é muito clara a real necessidade de adoções de políticas públicas e medidas preventivas que tenham como base o conceito One Health (Saúde Única). Não se pode mais encarar estas emergências sanitárias como isoladas, do ponto de vista animal, humano ou ambiental. Elas estão correlacionadas e as ações devem pensadas e aplicadas dentro desta realidade.

O processo de devastação do meio ambiente, adensamento populacional e uso excessivo de antimicrobianos estão entre os fatores que levam a uma pressão natural de sobrevivência dos microrganismos, o que resulta no desenvolvimento de mutações ou novas estratégias de contágio. A dinâmica global vivida hoje no mundo exige, inclusiva, a implantação de medidas coordenadas em níveis regionais, nacionais e internacionais. Não há mais como pensar somente em ações isoladas.

Em relação ao comércio internacional, o Brasil foi um dos grandes beneficiários deste quadro sanitário na China. O país ampliou consideravelmente suas vendas de carnes e de outros produtos do agronegócio no ano passado para o mercado chinês; situação que tende a seguir ao longo deste ano. Por outro lado, os casos de Covid-19 devem impactar o PIB mundial. Não há nenhuma certeza sobre o tamanho desse impacto, embora um risco de recessão seja baixo, até este momento. Todo este cenário sanitário e econômico este em debate nesta edição. Confira.

 

Boa leitura a todos!

Humberto Luis Marques

Revista Suinocultura Industrial
Deixe seu Recado