Agroceres Multimix
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Processamento

Emissão de certificados sanitários para produtos de origem animal cresce 18% em 2020

A certificação assegura que os produtos e os sistemas de produção atendem a todos os requisitos para exportação
 

Redação AI/SI
18-Jan-2021 12:19

O Serviço de Inspeção Federal (SIF) registrou o aumento de 18% na emissão de certificados sanitários para produtos de origem animal em 2020 em relação ao ano de 2019, conforme dados do 10º Relatório de Atividades, divulgado na última semana.

Ao todo, foram emitidos 429.306 certificados sanitários. A certificação sanitária assegura que os produtos e os sistemas de produção atendem a todos os requisitos acordados com os países para os quais o Brasil exporta seus produtos.

Também foram aprovados 60 modelos de certificados sanitários internacionais para exportação de produtos brasileiros e 59 modelos de certificados sanitários internacionais para importação de produtos de origem animal e para alimentação animal.

Segundo o relatório, desde agosto de 2020, não foi registrada nenhuma paralisação em abatedouros frigoríficos motivada pela pandemia do coronavírus (Covid-19). Além disso, a autoridade sanitária chinesa (GACC) realizou auditorias, por meio de videoconferência, em dez estabelecimentos brasileiros (quatro abatedouros de aves, dois de suínos, um de bovino e três estabelecimentos de pescado) para verificação das medidas adotadas para prevenção do vírus. 

Abates

Estão registrados no SIF 3.339 estabelecimentos de produtos de origem animal nas áreas de carnes e produtos cárneos, leite e produtos lácteos, mel e produtos apícolas, ovos e pescado e seus derivados. Há também registro de 2.999 estabelecimentos destinados à produção de alimentação animal.

No mês de dezembro, foram realizados 157 turnos adicionais de abate, requisitados de forma emergencial pelos abatedouros frigoríficos de aves, bovinos e suínos cadastrados no SIF.

AveSui2021_dentro

Registro de produtos e estabelecimentos

Outras atividades também tiveram destaques em 2020, como análise de 13.846 pedidos de registros de produtos de origem animal para consumo humano, inseridas no Sistema Plataforma de Gestão Agropecuária do Sistema de Informações Gerenciais do Serviço de Inspeção Federal (PGA-SIGSIF). Em relação ao registro de estabelecimentos, foram registrados no SIF, de janeiro a dezembro, 203 novos estabelecimentos.

Publicação de atos normativos

Em 2020, o Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal trabalhou na elaboração de atos normativos sobre diferentes assuntos e que resultaram na publicação de dois decretos, 24 instruções normativas, uma portaria, uma norma operacional e uma orientação normativa.

Assuntos do Momento

Presidente da Aurora fala sobre expansão da produção avícola, exportações e perspectivas para 2021
23 de Fevereiro de 2021
Live

Presidente da Aurora fala sobre expansão da produção avícola, exportações e perspectivas para 2021

Neivor Canton irá explicar o projeto de crescimento da avicultura da cooperativa em 20%, destacando ainda a expectativa de ampliar os embarques de frango e carne suína para a China em live às 10 horas no canal TV Gessulli

Vigor que surpreende
23 de Fevereiro de 2021
Suplementação

Vigor que surpreende

Suplementação eletrolítica com aporte energético de rápida absorção garante mais vigor aos leitões durante a fase de desmame

AveSui2021_dentro
FCO aprova R$ 110 milhões para Cooperalfa investir em MS
24 de Fevereiro de 2021
Investimentos

FCO aprova R$ 110 milhões para Cooperalfa investir em MS

Cooperativa Agroindustrial Alfa vai instalar uma unidade de produção de leitões em Sidrolândia (MS)

Huawei investe na criação de porcos após perdas em celulares
22 de Fevereiro de 2021
Tecnologia

Huawei investe na criação de porcos após perdas em celulares

Impedida de acessar componentes vitais para a fabricação de novos aparelhos, a gigante de telecomunicações chinesa busca outras fontes de receitas.

Sanidade Suídea do IMA discute Plano Integrado de Vigilância
22 de Fevereiro de 2021
Sanidade

Sanidade Suídea do IMA discute Plano Integrado de Vigilância

Plano Integrado amplia o escopo das doenças-alvos de vigilância para Peste Suína Clássica (PSC), Peste Suína Africana (PSA) e Síndrome Respiratória Reprodutiva Suína (PRRS

Genus, do Reino Unido, vê desafios ao reabastecer fazendas de suínos na China
25 de Fevereiro de 2021
Demanda Chinesa

Genus, do Reino Unido, vê desafios ao reabastecer fazendas de suínos na China

O fornecedor de um terço dos 50 maiores produtores de suínos reprodutores da China teve um forte crescimento e ganhou participação no mercado chinês durante um rápido repovoamento do maior rebanho de suínos do mundo

Mais assuntos do momento