AveSui2021
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Assine a Revista Revista Digital Anuncie
Grãos

Exportações argentinas de grãos e derivados resultaram em receita de US$ 1,69 bi em dezembro

Alta de 4,77% ante o mês anterior

Broadcast Agro
06-Jan-2021 09:39

As exportações argentinas de grãos e derivados resultaram em receita de US$ 1,69 bilhão em dezembro, alta de 4,77% ante o mês anterior. Os dados foram divulgados pela Câmara da Indústria Oleaginosa da República Argentina (Ciara) e pelo Centro de Exportadores de Cereais (CEC), entidades que representam 40% das exportações totais argentinas.

Segundo as entidades, o ingresso de dólares em dezembro foi o terceiro maior para o mês nos últimos dez anos. O montante refletiu a alta dos preços internacionais de grãos e foi obtido apesar da greve de trabalhadores portuários na Argentina, que durou 21 dias. O principal produto exportado pelo setor é o farelo de soja, contribuindo com cerca de 13% do total comercializado para o exterior pelo país.

De janeiro a dezembro, a receita resultante das exportações desses produtos alcançou US$ 20,274 bilhões, montante 0,44% inferior à média dos últimos 17 anos e o terceiro menor da última década.

AveSui2021_dentro

A greve dos trabalhadores portuários, dificuldades operacionais em razão do baixo nível do Rio Paraná, atrasos nas operações por causa dos protocolos sanitários rígidos e oscilações de preços de grãos e derivados devido à pandemia de covid-19 também foram destacados pelas entidades como motivos para a redução da receita de exportações no ano passado.