AveSui2021
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Em alta

Exportações de carne suína crescem 46,74% em julho

Com mais de 90 mil toneladas embarcadas, julho registra segunda maior alta do ano

Caroline Mendes/Redação SI
04-Ago-2020 13:19

As exportações de carne suína fresca, refrigerada ou congelada, somaram 90,2 mil toneladas no mês de julho. Volume só foi menor que o registrado em maio este ano, quando a soma foi de 90,7 mil toneladas. Com relação ao mesmo mês de 2019 o incremento foi de 46,74%.

Com 23 dia úteis a média diária de embarques registrada no mês foi de 3922,69 toneladas, ante 2673,31 toneladas em julho em 2019.

Ao faturamento no mês de julho foi de US$ 191569,043, 36,12% a mais que o faturamento registrado em julho de 2019, que foi de US$ 140734,93. A média de preço paga por tonelada registrou recuo no comparativo com o mesmo mês do ano anterior passando de US$ 2288,88 em 2019 para US$ 2123,30 em julho de 2020.

Resultados Gerais

No mês de Julho de 2020 as exportações somaram US$ 19,566 bilhões e as importações, US$ 11,506 bilhões, com saldo positivo de US$ 8,06 bilhões e corrente de comércio de US$ 31,072 bilhões . No ano, as exportações totalizam US$ 121,286 bilhões e as importações, US$ 90,902 bilhões, com saldo positivo de US$ 30,383 bilhões e corrente de comércio de US$ 212,188 bilhões.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade