Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
EcredRural

Faesp quer fomentar adesão à NF Eletrônica e ampliar utilização dos créditos de ICMS

Presidente da entidade, Fábio de Salles Meirelles, propõe ao governo paulista medidas para aperfeiçoar o uso do sistema pelos produtores

Redação
23-Nov-2021 08:07

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (FAESP) quer ampliar a adesão do produtor rural à Nota Fiscal Eletrônica e a utilização dos créditos do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Seu presidente enviou ofícios ao vice-governador paulista, Rodrigo Garcia, e aos secretários estaduais da Fazenda e Agricultura e Abastecimento, Henrique Meirelles e Itamar Borges, respectivamente.

"Com o início do funcionamento do E-credRural, observou-se melhoria importante no processo de gerenciamento de créditos de ICMS de produtores rurais. A escrituração, homologação e autorização de uso do recurso ficaram mais fáceis, rápidas e transparentes. Entretanto, seu aproveitamento ainda não é uma realidade plena para a maioria dos produtores rurais", afirma o presidente Fábio de Salles Meirelles.

O presidente da FAESP ressalta que a legislação paulista condiciona o aproveitamento de tais créditos ao uso do E-credRural e à emissão de Nota Fiscal Eletrônica, sistemas que ainda não fazem parte da realidade de muitos produtores rurais paulistas, devido à falta de conhecimento ou familiaridade com a tecnologia, sinal de internet estável ou pelo alto custo do investimento envolvido. Para diminuir tais entraves, a entidade propõe as seguintes medidas de cooperação e de aprimoramento na legislação do ICMS:

• Desenvolvimento de um aplicativo pela SEFAZ/SP para emissão offline de NF-e pelo produtor paulista, em operações internas, nos moldes do que é feito no Rio Grande do Sul e Minas Gerais. A proposta é construir um sistema gratuito, simplificado e intuitivo, que diminua o custo de emissão da NF-e em São Paulo.

• Criação de equipes especializadas de atendimento ao produtor nos Postos Fiscais que dispõem dos Serviços de Pronto Atendimento (Avaré, Dracena, Itapetininga, Penápolis, Registro, São João da Boa Vista, São José do Rio Pardo e Tupã). Esse canal direto com a SEFAZ/SP, voltado ao esclarecimento de dúvidas específicas do setor, é uma demanda antiga dos produtores rurais.

• Implementar novas formas de aproveitamento do crédito de ICMS pelo produtor rural, como transferência para pagamento de novos itens (peças de reposição, pneus, lubrificantes, madeiras, materiais de construção etc.); transferência para pagamento de produtos que não envolvam itens da produção agropecuária necessariamente;
pagamento de outros impostos ou financiamentos e/ou sua utilização como garantia de financiamentos, dentre outras
propostas.

• Rever as revogações promovidas pelos Decretos nº 64.213/19, 65.254/20 e 66.054/21, que irão impactar negativamente a manutenção dos créditos de ICMS nas entradas de insumos agropecuários, mediante o estorno ou não reconhecimento dos créditos nas operações com saídas isentas, incorrendo em aumento de custo de produção para as atividades agropecuárias.

Além de propor as medidas para o aprimoramento da legislação do ICMS, a entidade tem a intenção de desenvolver trabalho educativo conjunto com a SEFAZ/SP. A iniciativa deverá ser alinhada à agenda do grupo ICMS - 6, discutida no âmbito do desenvolvimento dos Projetos Integrados, ação que envolve FAESP/SENAR-SP, Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento e Sebrae-SP.

Assuntos do Momento

Ano de 2022 inicia com preço do suíno em queda e custos em alta
20 de Janeiro de 2022
Análise de Mercado

Ano de 2022 inicia com preço do suíno em queda e custos em alta

O presidente da ABCS, Marcelo Lopes, explica que o final do ano de 2021 foi frustrante em relação aos preços pagos ao produtor, e reforçou que o crescimento acelerado da produção de suínos dos últimos anos está apresentando a conta para o setor

Suinocultores pedem socorro
19 de Janeiro de 2022
Comentário Suinícola

Suinocultores pedem socorro

Nesta semana tivemos mais uma baixa no preço pago ao produtor, movimentação que traz uma preocupação muito forte, pois ninguém mais sustenta uma atividade pagando caro para trabalhar

Disponible en español Disponible en español
Hong Kong relata surto de peste suína africana
19 de Janeiro de 2022
China

Hong Kong relata surto de peste suína africana

Notícia foi informada pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) nesta segunda-feira

20 de Janeiro de 2022
Mercado Interno

O preço do suíno vivo registra queda intensa neste mês

Motivo da queda foi a combinação de vendas lentas e oferta elevada de animais para abate

Com investimentos em alta no Oeste Paranaense, empresas expõem tecnologias em construção de galpões na AveSui
17 de Janeiro de 2022
AveSui América Latina

Com investimentos em alta no Oeste Paranaense, empresas expõem tecnologias em construção de galpões na AveSui

A região é considerada o maior agro cluster da América Latina e vem recebendo fortes investimentos de cooperativas, agroindústrias e empresas ligadas à cadeia produtiva de proteína animal

Ministra Tereza Cristina defende medidas para contenção de PSA
18 de Janeiro de 2022
PSA

Ministra Tereza Cristina defende medidas para contenção de PSA

Foco da doença foi identificado na República Dominicana em novembro, mas Brasil não registra casos desde o fim da década de 1970

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade