Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Mercado

Frimesa avança obras do Maior Frigorífico da América Latina

Novo investimento da cooperativa deve triplicar a produção atual, as obras avançam

Redação SI
27-Jul-2021 09:15 - Atualizado em 03/08/2021 16:25

A Frimesa constrói seu novo frigorífico em Assis Chateuabriand, no oeste do Paraná. O novo investimento, fica a 150 quilômetros da sede da empresa, em Medianeira. A decisão da localização está pautada na concentração de produtores das suas cooperativas filiadas (Copagril, Lar, C.Vale, Copacol e Primato) no entorno da região.

A industrialização de carnes no local facilitará a logística, diminuindo as distâncias e custos no transporte dos animais, somada à disponibilidade de mão de obra e acesso à água para captação e escoamento, e em sua fase final, triplicará o número de produção da cooperativa.

O frigorífico em Assis Chateaubriand é peça-chave para o futuro na cooperativa na cadeia produtiva de suínos, fazendo parte do processamento, industrialização e comercialização. Atualmente, o projeto tem 50% das obras civis implementadas. A construção teve início em 2017. O investimento é também o principal integrante do Avança Frimesa, com iniciativas para a cooperativa crescer no mercado.

A área construída será de 148.000m² em um espaço de 115ha. São investidos no frigorífico 1,240 bilhão de reais, e na cadeia produtiva 2 bilhões, alcançando os R$ 3,2 bilhões em investimentos.

A planta, que deve começar a operar em janeiro de 2023, em seu primeiro estágio que vai de 2023 a 2025, deve abater 3,7 mil cabeças/dia. Para o segundo estágio, de 2026 a 2028, o total será de 7,5 mil cabeças/dia, enquanto para a etapa final, de 2029 a 2031, os abates devem totalizar 11,2 mil cabeças/dia. A inauguração está marcada para dezembro de 2022, mês de aniversário dos 45 anos da Frimesa. Em 2032, serão 15 mil suínos processados por dia, e 8500 empregos diretos e indiretos.

De acordo com o diretor executivo da Frimesa, Elias José Zydek, o plano de expansão prevê também investimentos em ampliação de fábricas de ração, fornecimento de máquina e equipamentos aos terminadores. A previsão é de que só em matrizes a Frimesa aumente seu plantel em 166% até 2030, pulando das atuais 90 mil para 240 mil fêmeas.

“Nosso share na suinocultura brasileira hoje é de 6,6%. Pretendemos chegar a algo entre 13% e 14%", aponta Zydek.

Conforme dados atualizados de junho de 2021, o projeto Assis teve um total de R$ 3,24 bilhões investidos e uma área construída de 148.000 m². A previsão de abate é de 15 mil suínos, além da geração de 8500 empregos diretos e indiretos.

No momento, a obra em Assis conta com 91% de terraplanagem global e as seguintes galerias:

  • Drenagem 98%
  • Pluvial 60%
  • Esgoto 58%
  • Elétrica 73%
  • Utilidades 78%
  • Calhas 73%

FRIMESA É UMA DAS MAIORES E MELHORES COOPERATIVAS – PRÊMIO QUEM É QUEM 2021

Voltado a valorizar as maiores e melhores cooperativas de aves e suínos, o Prêmio Quem é Quem destaca o relevante papel desempenhado pelas cooperativas para o desenvolvimento do agronegócio do país, assim como para a melhoria social e preservação do meio ambiente, destacando ações e atores centrais nesse processo, como os cooperados e técnicos que compõem sua estrutura de produção.

Na categoria Varejo, a Frimesa foi a grande vencedora, sendo homenageada na AveSui Online 2021 24H/7D, uma feira com palco para o lançamento de inovações e tecnologias.

O cooperativismo agropecuário brasileiro é um modelo admirado no mundo inteiro. Apoiando o desenvolvimento econômico e social, principalmente das pequenas propriedades rurais, o cooperativismo no campo possui grande relevância para a economia do País. É exatamente esse importante e grandioso papel que a Gessulli Agribusiness quer ressaltar e valorizar com a realização do Prêmio Quem é Quem.

No ano de 2022, a AveSui América Latina e o Prêmio Quem é Quem voltam ao seu formato presencial, reestabelecendo a possibilidade de contatos “face to face”, o que tem sido ansiosamente aguardado por expositores, visitantes e congressistas.

A data de 26 a 28 de abril de 2022 já está agendada para a realização da principal feira da indústria latino-americana de aves, suínos e peixes no município de Medianeira, na região Oeste do Paraná.

Assuntos do Momento

Haiti registra mais um caso de Peste Suína Africana nas Américas
21 de Setembro de 2021
Ocorrência Sanitária

Haiti registra mais um caso de Peste Suína Africana nas Américas

A ocorrência foi confirmada ontem (20/09) pela OIE; é o segundo caso da enfermidade na América Latina, o que acende um alerta ainda maior em toda a suinocultura da região

Preço do suíno vivo sobe em vários estados
20 de Setembro de 2021
Análise de Mercado

Preço do suíno vivo sobe em vários estados

Após um começo de mês nada animador para o segmento, a última semana registrou novos aumentos em várias praças. Valor poderia ser maior, mas baixo poder aquisitivo da população segue impedindo.

Situação é preocupante na suinocultura com custos superando preço do animal vivo
16 de Setembro de 2021
Custos

Situação é preocupante na suinocultura com custos superando preço do animal vivo

Quadro afeta especialmente os produtores independentes, que têm menos poder de fogo nas negociações de grãos para ração

Preços do milho seguem tendências distintas entre regiões, mas recuos prevalecem
20 de Setembro de 2021
Insumos

Preços do milho seguem tendências distintas entre regiões, mas recuos prevalecem

De acordo com colaboradores do Cepea, a liquidez segue baixa, com muitos compradores ausentes do mercado – esses agentes sinalizam ter estoques, pelo menos para curto prazo, e estão à espera de novas desvalorizações

20 de Setembro de 2021
EUA

Nos EUA, deputados democratas pedem recursos para prevenir peste suína africana

Grupo de deputados pediu US$ 75 milhões em recursos para que autoridades de saúde animal previnam e se preparem para um possível surto de PSA no país

Competitividade da carne de frango frente à suína é a menor em 9 anos
17 de Setembro de 2021
Mercado

Competitividade da carne de frango frente à suína é a menor em 9 anos

Levantamento do Cepea mostra que, na média deste mês (até o dia 15), a diferença entre a carcaça especial suína, também comercializada na Grande São Paulo, e o frango inteiro é de apenas 1,19 Reais/kg

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade