Rainha da Paz
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Mercado

Futuros sobem na CME com oferta mais restrita nos EUA

Dados na quinta-feira passada mostraram que o estoque de suínos no país era de 74,8 milhões de animais em 1º de março, 2% abaixo do nível registrado um ano antes.

Redação
31-Mar-2021 10:29

Os futuros de suínos negociados na Bolsa de Chicago (CME) fecharam em alta ontem (30), refletindo a oferta mais restrita nos Estados Unidos. Dados na quinta-feira passada mostraram que o estoque de suínos no país era de 74,8 milhões de animais em 1º de março, 2% abaixo do nível registrado um ano antes. "Não há dúvida de que algumas das decisões tomadas durante a primavera/verão do ano passado limitaram a capacidade de produção e a atual disponibilidade", disse a Steiner Consulting.

Segundo a consultoria, os estoques limitados de carne suína em câmaras refrigeradas e a expectativa de recuperação da demanda doméstica também contribuem para os ganhos. O vencimento junho na CME subiu 0,8%, para 106,025 cents por libra-peso. 

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade