Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Conteúdo Técnico

Galpões inteligentes promovem o bem-estar animal e melhoram a gestão do plantel

O uso de tecnologias digitais é cada vez mais presente dentro dos sistemas de produção de suínos, ofertando uma nutrição de precisão, principalmente em fases como a de gestação em modelo coletivo, ou até mesmo indicando o momento ideal para a inseminação das fêmeas

Carol Mendes, especial para Suinocultura Industrial
01-Jun-2022 09:54

Com os altos custos de produção, aliado a falta de mão de obra no campo, que enfrenta a concorrência das opções de emprego nas cidades, não é mais possível imaginar uma granja de suínos sem tecnologia aplicada, independente da fase de criação. As tecnologias se tornaram decisivas para a rotina da propriedade, sendo relevante em tomadas de decisões, maior precisão de processos e redução de custos.

O diretor Comercial da STA, Gabriel Borges de Castro, empresa especializada em tecnologias para a produção de suínos, ressalta que a suinocultura vive uma busca constante por melhoria de seus índices de eficiência, o que resulte em custos produtivos menores. Dessa forma, classificando por ordem de grandeza, o executivo indica que boa parte dos esforços se concentra em poupar recursos com alimentação, responsável por algo entre 70% e 80% dos custos totais de um suíno terminado. Exatamente por isso, tecnologias de precisão para fornecimento de ração aos animais estão entre os temas mais debatidos e aplicados no dia a dia de uma granja de suínos.

“No caso da maternidade, por exemplo. As tecnologias disponíveis hoje permitem que um alimentador forneça ração à vontade para a matriz, mas de uma forma controlada, respeitando a fêmea como um indivíduo único e com necessidades específicas, fracionando o fornecimento de ração a ela ao longo de todo dia, o que evita desperdícios”, explica Castro.

“Esses equipamentos fornecem ainda informações específicas ao suinocultor sobre o comportamento individual de cada uma das fêmeas; assim o criador pode focar suas ações em matrizes que precisam de mais atenção para se manter dentro dos padrões produtivos esperados”, complementa.

Leia a matéria completa na edição 305 da revista Suinocultura Industrial

Assuntos do Momento

23 de Junho de 2022
Mercado Interno

Mesmo com entrada de 2ª quinzena, preços no mercado de suínos sobem

Segundo pesquisadores do Cepea, no caso do animal vivo, esse movimento de reação é influenciado pela baixa disponibilidade de suíno em peso ideal para abate, pelo clima ameno e por eventos festivos que favorecem o consumo

CNA pede mais R$ 710 milhões em 2022 para subvenção de apólices da safra verão
23 de Junho de 2022
Seguro Rural

CNA pede mais R$ 710 milhões em 2022 para subvenção de apólices da safra verão

Segundo nota da entidade, o crédito extra é necessário para garantir a cobertura do plantio da próxima safra de verão 2022/23 

21 de Junho de 2022
Exportações

Exportações de carne suína diminuem, mas mercado interno dá sinais de ajuste de oferta

Veja o panorama completo do mercado interno e externo de suínos durante o mês de junho

Aumento da margem de carne suína na China pode beneficiar grandes indústrias, como JBS e BRF
23 de Junho de 2022
Mercado

Aumento da margem de carne suína na China pode beneficiar grandes indústrias, como JBS e BRF

Após a redução no rebanho que vinha ocorrendo em função da diminuição da margem de carne suína na China, maio foi o primeiro mês de aumento do rebanho em 2022

Produção global de carne suína em 2022
22 de Junho de 2022
Comentário Suíno

Produção global de carne suína em 2022

Por Osler Desouzart, CEO da ODConsulting

Cresce a demanda por carne de frango e suína em Posadas, na Argentina
23 de Junho de 2022
Argentina

Cresce a demanda por carne de frango e suína em Posadas, na Argentina

“No total mais ou menos nós argentinos consumimos 110 kg de carne por ano e agora caiu para 47 kg, segundo os últimos dados que são de 2021”, disse Mariela Bernardi, administradora do Mercado Concentrado Posadas.

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade