Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Assine a Revista Revista Digital Anuncie
Insumo

Importação de soja cresce, mas preço no mercado interno se mantém

Os analistas apontam que os produtores de soja não têm interesse em negociar o grão remanescente

Redação
10-Nov-2020 10:34

Os consumidores brasileiros de soja tem recorrido ao mercado externo diante da baixa disponibilidade doméstica e da retração de sojicultores, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP. Os analistas apontam que os produtores de soja não têm interesse em negociar o grão remanescente da safra 2019/20.

Desse modo, mesmo em um ano de produção recorde, o volume de soja importado pelo Brasil em 2020 (de janeiro a outubro) é o maior em 17 anos.

Mesmo recorrendo ao mercado externo, os pesquisadores apontam que os preços seguem em alta no Brasil. O Indicador ESALQ/BM&FBovespa Paranaguá (PR) avançou 3,8% na parcial de novembro, a R$ 169,76/sc na sexta-feira, 6. O Indicador CEPEA/ESALQ Paraná teve elevação de 1,6% no mesmo comparativo, a R$ 168,72/sc de 60 kg na sexta-feir