Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Bem-estar Animal

Investimento em 'maternidade suína' otimiza bem-estar animal

Bem-estar animal atesta comprometimento da indústria com sustentabilidade e traz expectativa de benefícios na qualidade dos produtos

Redação com informações de aRede
01-Jul-2021 08:47

Antes vista como uma preocupação restrita à indústria de alimentos, a discussão sobre o bem-estar animal tem ganhado destaque também entre os consumidores. Segundo levantamento da agência de pesquisa norte-americana Union + Webster, divulgado pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), 87% da população brasileira dá preferência a empresas que adotam práticas conscientes e sustentáveis em suas rotinas produtivas. Entre elas, a responsabilidade com o cuidado animal se mostra um dos temas mais abordados pelos entrevistados.

Mas, apesar de se tratar de um tema novo para o grande público, os cuidados com bem-estar animal não são novidade para a indústria alimentícia brasileira. Diversos selos, nacionais e internacionais, já certificam as operações de empresas focadas nos setores de proteína animal, como no caso do segmento de carne suína.

Nesse ramo industrial, as práticas que miram o bem-estar animal não apenas atestam o comprometimento da indústria com a sustentabilidade, mas também trazem uma expectativa de benefícios na qualidade dos produtos a longo prazo. Este é o caso da Cooperativa Agroindustrial Castrolanda, umas das holding da Unium, detentora da marca Alegra, com sede na cidade de Castro, nos Campos Gerais, que inaugurou, em 2021, uma nova maternidade, a quinta da Unidade de Produção de Leitões I (UPL), ampliando assim a idade de desmame dos suínos. O projeto procurou se adequar ao primeiro conjunto de normas relacionadas ao bem-estar animal vigente no Brasil, instituídas pelo Ministério da Agricultura no fim do ano passado.

Tal normativa também está alinhada às demandas da  Organização Mundial da Saúde Animal (OIE) para a produção de suínos, o que permitirá o aumento das exportações da carne suína brasileira nos próximos anos.

Maternidade suína

O novo investimento busca diminuir o impacto do desmame de suínos em seus primeiros dias de vida. “Realizamos esse investimento com foco principal no aumento do bem-estar animal, com a diminuição do estresse desses suínos, já que eles passam 25% de tempo a mais com suas mães na maternidade,  de 21 para 28 dias, nesse primeiro processo. Além disso, a mortalidade na creche (próxima etapa da produção) cai praticamente pela metade e, com isso, reduz-se a necessidade do uso de antibióticos nos animais, o que nos gera uma expectativa de benefícios para a qualidade dos animais e produtos ao consumidor”, explica o coordenador de produção da Cooperativa Castrolanda, Euler Kiefer.

Segundo ele, o principal objetivo é qualificar ainda mais o processo de preparo dos suínos. “Teremos animais com maior vigor, menos estressados e com um peso maior e, por consequência, resultados melhores de nossos cooperados. Além disso, temos realizado também investimentos preventivos em vacinas, que diminuirão a necessidade do uso de antibióticos nos animais”, completa Kiefer.

Assuntos do Momento

Haiti registra mais um caso de Peste Suína Africana nas Américas
21 de Setembro de 2021
Ocorrência Sanitária

Haiti registra mais um caso de Peste Suína Africana nas Américas

A ocorrência foi confirmada ontem (20/09) pela OIE; é o segundo caso da enfermidade na América Latina, o que acende um alerta ainda maior em toda a suinocultura da região

Preço do suíno vivo sobe em vários estados
20 de Setembro de 2021
Análise de Mercado

Preço do suíno vivo sobe em vários estados

Após um começo de mês nada animador para o segmento, a última semana registrou novos aumentos em várias praças. Valor poderia ser maior, mas baixo poder aquisitivo da população segue impedindo.

Situação é preocupante na suinocultura com custos superando preço do animal vivo
16 de Setembro de 2021
Custos

Situação é preocupante na suinocultura com custos superando preço do animal vivo

Quadro afeta especialmente os produtores independentes, que têm menos poder de fogo nas negociações de grãos para ração

Preços do milho seguem tendências distintas entre regiões, mas recuos prevalecem
20 de Setembro de 2021
Insumos

Preços do milho seguem tendências distintas entre regiões, mas recuos prevalecem

De acordo com colaboradores do Cepea, a liquidez segue baixa, com muitos compradores ausentes do mercado – esses agentes sinalizam ter estoques, pelo menos para curto prazo, e estão à espera de novas desvalorizações

20 de Setembro de 2021
EUA

Nos EUA, deputados democratas pedem recursos para prevenir peste suína africana

Grupo de deputados pediu US$ 75 milhões em recursos para que autoridades de saúde animal previnam e se preparem para um possível surto de PSA no país

Competitividade da carne de frango frente à suína é a menor em 9 anos
17 de Setembro de 2021
Mercado

Competitividade da carne de frango frente à suína é a menor em 9 anos

Levantamento do Cepea mostra que, na média deste mês (até o dia 15), a diferença entre a carcaça especial suína, também comercializada na Grande São Paulo, e o frango inteiro é de apenas 1,19 Reais/kg

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade