Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Extensão Rural

José Ferreira Costa Neto assume presidência da Anater

Novo presidente foi empossado pelo ministro Marcos Montes

Redação, com informações MAPA
13-Abr-2022 08:53

O novo presidente da Agência Nacional de Assistência Técnica Extensão Rural (Anater) tomou posse na tarde desta terça-feira (12), no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). José Ferreira da Costa Neto foi empossado pelo ministro Marcos Montes, que desejou sucesso ao novo gestor na missão de levar conhecimento e capacitação aos produtores rurais brasileiros. 

A nomeação de Costa Neto foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) na última sexta-feira (8). Costa Neto estava à frente da Diretoria Administrativa, Financeira e Fiscalização (Diafi) da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), desde fevereiro de 2019. Ele chegou a assumir a presidência interina da Conab em 2021, além de ser diretor de Gestão de Pessoas (Digep). Costa Neto assume no lugar de Ademar Silva Júnior, que estava na presidência da Anater desde o início de 2019.

 A ex-ministra e deputada federal Tereza Cristina participou da posse, além de secretários do Mapa e diretores da Anater.

No comando da Anater, o novo presidente disse que uma das prioridades é levar informações aos pequenos e médios produtores sobre como comercializar seus produtos. "A assistência técnica é muito específica. Sinto a necessidade do pequeno e médio produtor saber vender. Ele planta, colhe, mas não sabe como é a formação de um preço. Dentro da Ater, vamos tentar mostrar ao pequeno e médio produtor como se formam os preços, como vender e as inúmeras oportunidades existentes no mercado", disse na cerimônia. 

Natural do Rio Grande do Norte, José Ferreira da Costa Neto morou no Ceará, em Mato Grosso e em Mato Grosso do Sul. Mudou-se para a capital do país em 2019.  Ao todo, são cerca de 37 anos dedicados ao agrobusiness, com expedições internacionais em países da América do Sul (Paraguai, Bolívia, Chile, Uruguai), além dos Estados Unidos da América (EUA) e da China. Foi também gerente regional da multinacional Cargill Agrícola S/A.

Assuntos do Momento

23 de Junho de 2022
Mercado Interno

Mesmo com entrada de 2ª quinzena, preços no mercado de suínos sobem

Segundo pesquisadores do Cepea, no caso do animal vivo, esse movimento de reação é influenciado pela baixa disponibilidade de suíno em peso ideal para abate, pelo clima ameno e por eventos festivos que favorecem o consumo

CNA pede mais R$ 710 milhões em 2022 para subvenção de apólices da safra verão
23 de Junho de 2022
Seguro Rural

CNA pede mais R$ 710 milhões em 2022 para subvenção de apólices da safra verão

Segundo nota da entidade, o crédito extra é necessário para garantir a cobertura do plantio da próxima safra de verão 2022/23 

21 de Junho de 2022
Exportações

Exportações de carne suína diminuem, mas mercado interno dá sinais de ajuste de oferta

Veja o panorama completo do mercado interno e externo de suínos durante o mês de junho

Aumento da margem de carne suína na China pode beneficiar grandes indústrias, como JBS e BRF
23 de Junho de 2022
Mercado

Aumento da margem de carne suína na China pode beneficiar grandes indústrias, como JBS e BRF

Após a redução no rebanho que vinha ocorrendo em função da diminuição da margem de carne suína na China, maio foi o primeiro mês de aumento do rebanho em 2022

Produção global de carne suína em 2022
22 de Junho de 2022
Comentário Suíno

Produção global de carne suína em 2022

Por Osler Desouzart, CEO da ODConsulting

Cresce a demanda por carne de frango e suína em Posadas, na Argentina
23 de Junho de 2022
Argentina

Cresce a demanda por carne de frango e suína em Posadas, na Argentina

“No total mais ou menos nós argentinos consumimos 110 kg de carne por ano e agora caiu para 47 kg, segundo os últimos dados que são de 2021”, disse Mariela Bernardi, administradora do Mercado Concentrado Posadas.

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade