Rainha da Paz
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Cooperativa

Lançamento de nova categoria para avançar em frios feito por Seara

Planos da JBS é dobrar Seara de tamanho até 2023

Redação com informações de Valor
19-Abr-2021 09:06 - Atualizado em 19/04/2021 09:17

Em ritmo acelerado de investimentos para dobrar o faturamento até 2023, a Seara - subsidiária da JBS que reúne o negócio brasileiro de aves, suínos e alimentos industrializados - vai inaugurar uma nova categoria para avançar na mercado de frios, competindo ao mesmo tempo com os fatiados feitos de peito de peru e presunto.

A área de pesquisa e desenvolvimento da Seara criou um embutido a partir do lombo suíno, carne mais magra que o pernil, matéria-prima do presunto. Batizado de Levíssimo, o fatiado tem sabor semelhante ao do presunto, mas é tão magro quanto o peito de peru - o teor de sódio é 23% menor que o da alternativa de peru da Seara.

A estratégia de preços para o novo produto mostra as ambições da empresa. Por ser feito a partir de carne suína, o lançamento é mais competitivo que o fatiado de peito de peru. Conforme o diretor-executivo de alimentos preparados da Seara, João Campos, o preço sugerido é de R$ 29,50 por quilo, 30% mais barato que o peito de peru.

Nos últimos anos, a produção de carne de peru do país foi reduzida, o que também teve impacto no preço. A Sadia, marca da BRF, é a líder absoluta desse mercado, mas poderá ver a competição aumentar com o lançamento da rival.

Em entrevista ao Valor, o diretor da Seara evitou mencionar concorrentes, mas frisou que o Levíssimo tem potencial para superar o peito de peru na lista de frios mais vendidos no país. No segmento, mortadela e presunto são os líderes, segundo a Nielsen.

De acordo com Campos, o mercado de frios movimenta R$ 8 bilhões anuais. Nessa frente, a Seara tem uma penetração de 60% no país. Com o lançamento, prevê adicionar 1,6 milhão de lares, ampliando sua presença para 70%, acrescentou o executivo. A estimativa é que a frequência de consumo possa aumentar 20%.

Para atrair o consumidor brasileiro, a Seara também fará uma ampla campanha publicitária, incluindo a participação no Big Brother Brasil - a marca da JBS patrocina o reality show. O produto começa a chegar às gôndolas nesta semana, e a distribuição será nacional, afirma Campos.

Os esforços da Seara para avançar em frios, um mercado que cresce 9% ao ano, também inclui investimentos em mortadela defumada, categoria liderada pela Perdigão Ouro - a participação da líder BRF no segmento de frios é de 48%.

Recentemente, a JBS concluiu a ampliação da capacidade de produção de mortadela defumada na fábrica da Seara em Jaguariúna, no interior paulista. Antes do investimento, a empresa estava sem capacidade para aumentar a produção. Agora, ela poderá ampliar a oferta em 40%. O desafio agora deixou de ser industrial e passou a ser da área comercial.

A expansão da Seara foi anunciada no fim de 2019, quando a JBS iniciou um investimento de R$ 8 bilhões em cinco anos. Mais da metade será destinada à Seara.

Assuntos do Momento

11 de Maio de 2021
Mercado

Produção de suínos na China deve crescer 19% em 2021

Segundo Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China (MARA), a expansão agressiva da capacidade de fazendas de grande escala em 2020 gerou um aumento estimado no abate de suínos para a China

Novos recursos na economia beneficiam o consumo de suínos
10 de Maio de 2021
Economia

Novos recursos na economia beneficiam o consumo de suínos

No momento, restam ainda mais de R$ 9 bilhões em recursos para serem contratados no Plano Safra 2020/2021

China: Importação de carnes aumenta 6,9% em abril e fica perto de recorde
07 de Maio de 2021
Mercado Externo

China: Importação de carnes aumenta 6,9% em abril e fica perto de recorde

A produção de carne suína da China despencou após os surtos de peste suína africana desde 2018, estimulando uma forte demanda por importação de carne suína e outras proteínas

Análise de Mercado - Frango em alta e preço do suíno cai em três estados
10 de Maio de 2021
Mercado

Análise de Mercado - Frango em alta e preço do suíno cai em três estados

Entre os dias 03 e 07 de maio, o preço do frango vivo eleva sua cotação, com exceção de MG que mantém o valor estável. Suíno vivo teve queda de 1,11% em SC, 2,54% no PR e 2,12% no RS

Disponible en español Disponible en español
Na Colômbia carne de porco começa a faltar nos lares
11 de Maio de 2021
América Latina

Na Colômbia carne de porco começa a faltar nos lares

A produção diária na Colômbia é de 1.300 toneladas de carne suína e devido aos efeitos da greve nacional, 720 toneladas / dia deixaram de ser produzidas e comercializadas

Preços do suíno vivo e da carne se enfraquecem, aponta Cepea
13 de Maio de 2021
Mercado

Preços do suíno vivo e da carne se enfraquecem, aponta Cepea

Segundo estudos, a venda de carne no mercado doméstico está enfraquecida

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade