Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Peste Suína Africana

Malásia abaterá 3 mil suínos após descoberta da peste suína africana

A doença foi detectada em pelo menos 300 porcos em três distritos - Pitas, Kota Marudu e Beluran - após um caso relatado envolvendo a morte de um javali no mês passado

Reuters
01-Mar-2021 09:38 - Atualizado em 01/03/2021 10:46

A Malásia planeja abater 3.000 porcos selvagens e domésticos após um surto de peste suína africana em javalis e porcos de quintal no estado de Sabah, na ilha de Bornéu, em meados de fevereiro.

A doença foi detectada em pelo menos 300 porcos em três distritos - Pitas, Kota Marudu e Beluran - após um caso relatado envolvendo a morte de um javali no mês passado, de acordo com um alerta da Organização Mundial de Saúde Animal divulgado na sexta-feira. Esta foi a primeira descoberta da doença na Malásia, disse o alerta.

Vinte e dois porcos já foram sacrificados em esforços para conter o surto, disse o vice-ministro-chefe de Sabah, Jeffrey Kitingan, em um comunicado no domingo.

“Estima-se que haja cerca de 2.000 porcos em Pitas e cerca de mil porcos selvagens barbudos em um raio de 50 km (31 milhas). Todos esses animais terão que ser sacrificados ”, disse Kitingan, que também é ministro da Agricultura e Pesca.

A peste suína africana, que é mortal para os porcos, mas inofensiva para os humanos, representa uma ameaça aos estoques de alimentos.

A China, o maior produtor mundial de carne suína, relatou novas variantes da peste suína africana na semana passada, mutações naturais no vírus que devastou o rebanho de suínos da China durante 2018 e 2019 e que continua a matar porcos.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade