Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Nutrição

MAPA oficializa novo prazo para IN que define normas para as fábricas de ração animal

A Portaria publicada nesta quarta-feira (28), traz a data de 18 de janeiro de 2022 como prazo limite de adequação

Redação com informações de ABCS
29-Jul-2021 08:25 - Atualizado em 29/07/2021 09:56

A Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) comunica a prorrogação da Instrução Normativa (IN) nº 14 de 2016, por meio da portaria número 369 de 22 de julho de 2021, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), publicada no Diário Oficial da União (DOU), desta quarta-feira (28). A IN 14 altera a IN 65 e define as normas para as fábricas de ração animal, estabelecendo os critérios e os procedimentos para fabricação, comercialização e o uso de medicamentos na alimentação animal.  A publicação trouxe um novo prazo para a entrada em vigor da normativa, estabelecido em 18 de janeiro de 2022.

Segundo o presidente da ABCS, Marcelo Lopes o MAPA tem trabalhado para publicar uma normativa exequível e por isso a revisão do texto.  “Não há dúvida que o trabalho do MAPA para adequar alguns aspectos das normas que fiscalizam as fábricas de ração serão essenciais para otimizar o uso de antimicrobianos na produção nacional, visando assim atender as demandas dos mercados consumidores”. Lopes ressalta ainda que a entidade nacional busca trabalhar junto a pasta de forma construtiva e visando o fortalecimento da suinocultura brasileira.

Embora a prorrogação esteja oficializada pela Pasta, a diretora técnica da ABCS, Charli Ludtke, ressalta que é necessário que a suinocultura continue debatendo e aperfeiçoando o conhecimento sobre o tema fábrica de ração. “Foi pensando em levar informação técnica e de qualidade que este ano a ABCS entrega a cadeia a série “Informativo Fábrica de Ração” e as apresentações do consultor Stefan Rohr, médico veterinário, especialista em alimentação animal.  A proposta da ABCS é orientar os produtores, para juntos aprimorarmos a área de alimentação animal, que é tão relevante para o setor suinícola”.

Assuntos do Momento

19 de Outubro de 2021
Diversidade Cultural

Mais de 120 colaboradores da BRF carimbam o passaporte e atuam em diferentes países

Com experiência no exterior e apoio da Companhia, profissionais enriquecem currículo, compartilham conhecimentos e promovem a diversidade cultural

BRF anuncia mais habilitações de Cingapura para exportação de produtos suínos
22 de Outubro de 2021
Expansão

BRF anuncia mais habilitações de Cingapura para exportação de produtos suínos

Já a unidade de Lucas do Rio Verde (MT) obteve autorização para a venda de suínos e seus miúdos

BRF investe R$ 5,5 milhões em modernização do laboratório industrial em Lucas do Rio Verde
20 de Outubro de 2021
Investimento

BRF investe R$ 5,5 milhões em modernização do laboratório industrial em Lucas do Rio Verde

Estrutura foi ampliada e conta com os mais modernos equipamentos para garantir a qualidade da análise de produtos da Companhia 

22 de Outubro de 2021
Evento

BRF marca presença na Expo Dubai 2020

Companhia mantém importante atuação no mercado Halal com indústrias na região e exportação de produtos a partir de diversas unidades pelo Brasil

Veto da China à carne bovina brasileira já dura mais de um mês e assusta governo
19 de Outubro de 2021
Suspensão

Veto da China à carne bovina brasileira já dura mais de um mês e assusta governo

No início de setembro, o Brasil suspendeu os embarques da proteína ao país asiático depois da confirmação de casos da vaca louca

Brasil conclama China a avançar no comércio de carne
20 de Outubro de 2021
Negociação

Brasil conclama China a avançar no comércio de carne

Embaixador brasileiro diz que o governo acredita em progresso no reconhecimento pela China do status do Brasil como livre de febre aftosa e como um país de ‘risco insignificante’ para a doença da vaca louca

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade