Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Mercado

Mato Grosso do Sul investe forte em suinocultura

Nos últimos dez anos no estado, a produção cresceu 128% e o abate 131%

Redação
20-Abr-2021 17:13

Os bons números apresentados pelo Mato Grosso do Sul no segmento de suinocultura estão longe de serem obras do acaso ou um ponto fora da curva, pois a verdade é que há anos o estado tem se destacado pelos investimentos realizados para a criação de novas granjas e demais pontos necessários para fazer com que a produção cresça.

Nos últimos dez anos no estado, a produção cresceu 128% e o abate 131%. No ano passado, enquanto os abates de bovinos representaram uma queda no estado de 13,9 mil em relação a 2019, o Valor Bruto da Produção (VBP) dos suínos atingiu o recorde de R$ 1,1 bilhão de faturamento.

Para o crescimento da suinocultura, o Mato Grosso do Sul importa leitões e vem incentivando a entrada de novos produtores no setor. Entre as diversas ações, destaque também para a viabilização de energia elétrica e recursos financeiros.

A criação de novas granjas de suínos é outro ponto importante. Atualmente, 35 novas granjas e dez Unidades de Produção de Leitões (UPLs) estão em fase de projeto ou execução e todas devem ser concluídas até 2022. Sem contar as que já foram inauguradas, como a de Nossa Senhora Aparecida, em Dourados, que é considerada uma das mais tecnológicas do Brasil, e a de Rio Verde, localizada no município com o mesmo nome, e que produzirá 40 mil matrizes por ano. Ao todo, os investimentos em granjas devem chegar a R$ 240 milhões só em 2021.

No caso da granja Nossa Senhora Aparecida, ela possui integração com a Seara e alimentará os mais de 10 mil animais alojados com ração líquida em um ambiente que reúne tecnologia, inovação e economia. A meta é entregar 30 mil animais para o abate por ano.

Atualmente, a suinocultura é responsável por 16 mil empregos no MS, mas com as novas granjas e UPLs, mais cinco mil vagas serão abertas.

Atualmente, o MS ocupa o sexto lugar no ranking de exportação de carne suína do país. Hong Kong é o principal comprador. Em 2020, as exportações cresceram 400% no estado e Cingapura se tornou a segunda compradora.

Assuntos do Momento

11 de Maio de 2021
Mercado

Produção de suínos na China deve crescer 19% em 2021

Segundo Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China (MARA), a expansão agressiva da capacidade de fazendas de grande escala em 2020 gerou um aumento estimado no abate de suínos para a China

Novos recursos na economia beneficiam o consumo de suínos
10 de Maio de 2021
Economia

Novos recursos na economia beneficiam o consumo de suínos

No momento, restam ainda mais de R$ 9 bilhões em recursos para serem contratados no Plano Safra 2020/2021

Análise de Mercado - Frango em alta e preço do suíno cai em três estados
10 de Maio de 2021
Mercado

Análise de Mercado - Frango em alta e preço do suíno cai em três estados

Entre os dias 03 e 07 de maio, o preço do frango vivo eleva sua cotação, com exceção de MG que mantém o valor estável. Suíno vivo teve queda de 1,11% em SC, 2,54% no PR e 2,12% no RS

Disponible en español Disponible en español
Na Colômbia carne de porco começa a faltar nos lares
11 de Maio de 2021
América Latina

Na Colômbia carne de porco começa a faltar nos lares

A produção diária na Colômbia é de 1.300 toneladas de carne suína e devido aos efeitos da greve nacional, 720 toneladas / dia deixaram de ser produzidas e comercializadas

Preços do suíno vivo e da carne se enfraquecem, aponta Cepea
13 de Maio de 2021
Mercado

Preços do suíno vivo e da carne se enfraquecem, aponta Cepea

Segundo estudos, a venda de carne no mercado doméstico está enfraquecida

Disponible en español Disponible en español
Greve Nacional na Colômbia com risco de desnutrição em fazendas de suínos
13 de Maio de 2021
Sanidade

Greve Nacional na Colômbia com risco de desnutrição em fazendas de suínos

O presidente da PorkColombia afirmou que em algumas fazendas do país estão contando as horas para iniciar o abate em massa porque não há comida para os porcos

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade