Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Meta

Mato Grosso prevê crescimento de 67% de sua produção de suínos nos próximos dez anos

Um dos desafios para conseguirem essa meta é a ampliação do mercado interno desse produto

MT Notícias
03-Out-2018 16:40

Quinto maior produtor nacional de suínos, com 214 mil toneladas em 2017, o Mato Grosso tem a projeção de ampliar sua produção em 67% até 2028, segundo a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato). E um dos desafios para conseguirem essa meta é a ampliação do mercado interno desse produto. No Brasil, o consumo de carne suína fica atrás de outras proteínas animais como o frango (42 Kg per capita) e bovina (33,2 Kg per capita), com apenas 14,7 Kg consumidos por habitante.

A carne suína tem um grande potencial de crescimento no mercado interno. Por muitos anos foram criados preconceitos contra essa proteína, que acabam influenciando no baixo consumo até os dias de hoje. Por isso a Expedição se propõe a criar um ambiente de debates para quebrar esses paradigmas e mostrar os benefícios desse alimento”, avalia o gerente do Núcleo de Agronegócio Gazeta do Povo e coordenador da Expedição Suinocultura, Giovani Ferreira.

Para o vice-presidente da Famato, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, outro desafio à suinocultura mato-grossense é conseguir diversificar os destinos nas exportações. “Em 2017 conseguimos nosso recorde histórico em abates com 2,89 milhões de cabeças, sendo que nossas plantas frigoríficas trabalharam com 75% de sua capacidade. Temos que agora aproveitar o status sanitário, livre de peste suína clássica, para manter esse crescimento”, avalia.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade