Agroceres Multimix
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
México

México inicia importação de carne suína britânica

Este será o segundo mercado latino-americano a abrir suas portas para a importação desse produto

Redação com informações de Informador.MX
03-Set-2021 09:09

A carne suína se juntará a uma ampla gama de genética animal que o Reino Unido já exporta com sucesso para o México, que, de acordo com dados do Conselho de Desenvolvimento de Agricultura e Horticultura, o acesso ao mercado mexicano é estimado em 1,3 bilhão de pesos para os produtores de suínos britânicos durante os primeiros cinco anos de comércio.

A ação vem após mais de quatro anos de negociações e fiscalizações; O Serviço Nacional de Saúde, Segurança e Qualidade Agroalimentar (SENASICA) inspecionou várias instalações em todo o Reino Unido durante uma visita em fevereiro de 2020, após a qual quatro matadouros e quatro câmaras frias associadas foram aprovados na Inglaterra e no País de Gales.

O Embaixador do Reino Unido indicado no México, Jon Benjamin, observou que "Estou muito satisfeito porque, apenas alguns dias após minha chegada ao México como Embaixador, agora podemos dar as boas-vindas à carne de porco britânica no mercado local". Ele também destacou o máximo esforço do setor para tornar isso possível: “Isso foi graças a um esforço titânico dos colegas do setor de alimentos e bebidas do DIT em nossa Embaixada no México, que apoiaram incansavelmente as negociações durante quatro anos”.

O Reino Unido é líder mundial em bem-estar animal e sua carne suína possui a certificação "Red Tractor" , reconhecida mundialmente por sua origem, qualidade e rastreabilidade. Esta certificação só é encontrada em alimentos e bebidas originários do Reino Unido que foram certificados de acordo com padrões rigorosos do campo à embalagem.

As exportações globais de carne suína do Reino Unido valeram mais de 11,5 bilhões de pesos para a economia britânica em 2020, atingindo mais de 75 mercados de exportação em todo o mundo.

Diante do exposto, Reino Unido e México se comprometeram a negociar um novo e ambicioso acordo de livre comércio este ano , complementar à adesão do Reino Unido à TIPAT, conforme anunciado pela secretária de Comércio Internacional, Liz Truss, acrescentou ao reconhecimento desta ação: As empresas britânicas e mexicanas podem esperar os benefícios de um novo acordo comercial ambicioso que iremos negociar este ano, e triunfos como esses são um passo importante para nossa adesão ao TIPAT que fará com que nosso comércio global alcance novos patamares " .

Assuntos do Momento

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade