AveSui2021
04-Ago-2020 10:54
Bolsa de Suínos

Nova alta no preço do suíno vivo no Rio Grande do Sul

Agosto inicia com novas altas no preço pago pelo quilo do animal vivo no território gaúcho

Após a valorização registrada no mês de julho, o preço pago pelo quilo do suíno vivo iniciou agosto com novos altas no Rio Grande do Sul. A pesquisa semanal da cotação do suíno, milho e farelo de soja, realizada pela Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (Acsurs) apontou a média de R$ 6,10 pago pelo quilo do suíno vivo.

O custo médio da saca de 60 quilos de milho é de R$ 48,66. Já o preço da tonelada do farelo de soja (preço da indústria – FOB) é de R$ 1.790,00 para compras à vista e no prazo (30 dias) é de R$ 1.805,00.

Agroindústrias e cooperativas

O preço médio na integração apontado pela pesquisa é de R$ 4,52. As cooperativas e agroindústrias apresentaram as seguintes cotações: Cooperalfa/Aurora: R$ 4,50 (base suíno gordo) e R$ 4,50 (base leitão de 6 a 23 quilos); Cosuel/Dália Alimentos R$4,30; Cooperativa Languiru R$ 4,25; Majestade R$ 4,30; Ouro do Sul R$ 5,70; Alibem R$ 4,20; Adelle Foods R$ 4,50 e Pamplona R$ 4,50.

Redação SI
Deixe seu Recado