AveSui2021
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Sanidade

Novo surto de peste suína africana mata animais no norte da China, diz agência

Ao menos 20% do rebanho reprodutor da região teria morrido

Redação
01-Abr-2021 13:50

Um novo surto de peste suína africana (ASF) teria sido responsável por eliminar ao menos 20% do rebanho reprodutor no norte da China, segundo fontes da indústria e analistas de mercado disseram à agência Reuters.

“Ao menos 20% do rebanho foi afetado, talvez até 25%” nas províncias do norte e nordeste da China por causa dos surtos durante o primeiro trimestre, disse à agência Jan Cortenbach, diretor técnico da fabricante de rações Wellhope-De Heus Animal Nutrition. Na província de Henan, a terceira maior produtora de suínos do país, entre 20% e 30% das porca

Oficialmente, o Ministério da Agricultura da China confirmou oito surtos de peste suína africana no primeiro trimestre, com foco em pequenas fazendas ou em porcos em trânsito no sul da China. As autoridades também haviam dito que o rebanho de porcas cresceu 1,1% em janeiro em relação a dezembro e mais 1% em fevereiro.

No início de março, o surgimento de uma nova cepa do vírus na China já preocupava as autoridades do país. Naquele período, estimava-se que a nova variante tinha causado a morte de até 8 milhões de animais.

O impacto do vírus havia diminuído no final de 2019, à medida que o número de porcos caiu e grandes produtores aprenderam a minimizar sua disseminação removendo dos rebanhos com mais rapidez os porcos infectados.

 

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade